Stephanie Beatriz, de Brooklyn Nine-Nine, quer interpretar a She-Hulk

Créditos da imagem: Brooklyn Nine-Nine/Fremulon/Reprodução

Séries e TV

Notícia

Stephanie Beatriz, de Brooklyn Nine-Nine, quer interpretar a She-Hulk

Personagem ganhará série live-action no Disney+

Mariana Canhisares
18.09.2019
15h58
Atualizada em
18.09.2019
15h58
Atualizada em 18.09.2019 às 15h58

A atriz Stephanie Beatriz, conhecida por ser a Rosa em Brooklyn Nine-Nine, revelou que adoraria intepretar a She-Hulk na série live-action da heroína no Disney+. Em entrevista ao Entertainment Tonight, ela afirmou que ficou feliz com a escalação dos fãs e até deu uma incrementada nos treinos na academia para se garantir.

"Morreria para viver esse papel. É uma das melhores personagens desse universo", disse. "Mas também [acredito que seria] interessante para os fãs ver alguns desses personagens que achamos ser de um jeito, na realidade, serem imaginados de outras formas".

Prima de Bruce Banner, a advogada Jennifer Walters recebe uma transfusão de sangue do Hulk original após ser baleada por capangas do mafioso Nicholas Trask. Com isso, ela se torna a She-Hulk. Diferente do primo, Jen consegue manter o controle quando assume a identidade de pele verde, sentindo-se até mais confiante quando transformada.

Em seus anos como heroína, a She-Hulk já integrou os Vingadores, os Defensores e o Quarteto-Fantástico. Em sua série solo, iniciada em 1989, a personagem passou a se dar conta de que fazia parte de uma HQ e quebrava constantemente a quarta parede, característica que foi amenizada ao longo dos anos. A heroína foi criada por Stan Lee e John Buscema e apareceu pela primeira vez em The Savage She-Hulk #1, de 1980.

Atualmente, a personagem é a principal Hulk dos quadrinhos da Marvel, já que o Gigante Esmeralda original voltou com uma personalidade mais cruel após os eventos de Guerra Civil II e Amadeus Cho mudou o nome de seu alter-ego para Brawn.

O lançamento do Disney+ na América Latina é previsto para o segundo semestre de 2020, sem uma data específica. Já nos EUA, a estreia será em 12 de novembro, com a assinatura de US$ 6,99 por mês. Já no primeiro ano, estarão disponíveis mais de 7.500 episódios e 500 filmes, que incluem A Noviça RebeldeMalcolm In The Middle e até Os Simpsons. O serviço também terá mais de 250 horas de conteúdo do National Geographic