Tom Hanks atualiza fãs sobre sua recuperação do coronavírus

Créditos da imagem: Columbia Pictures/Divulgação

Filmes

Notícia

Tom Hanks atualiza fãs sobre sua recuperação do coronavírus

Em post nas redes sociais, ator fez referência ao filme Uma Equipe Muito Especial

Nicolaos Garófalo
13.03.2020
00h03
Atualizada em
24.03.2020
11h56
Atualizada em 24.03.2020 às 11h56

Uma das primeiras grandes estrelas a confirmar ter contraído o coronavírus, Tom Hanks compartilhou em suas redes sociais uma atualização da progressão de seu tratamento ao lado da esposa, a também atriz Rita Wilson. Na mensagem, o astro afirmou estar em quarentena na Austrália para “não contaminarmos mais ninguém”, lembrando que algumas pessoas podem ter quadros mais graves por conta da doença.

Além disso, Hanks e Wilson continuam seguindo orientações médicas e “tomando conta de nós mesmos e dos outros”. Para encerrar, o vencedor do Oscar usou uma de suas falas mais famosas do filme Uma Equipe Muito Especial para lembrar os fãs de não entrarem em pânico: “não existe choro no beisebol” – confira a postagem completa:

Oi, pessoal! Eu e a Rita queremos agradecer a todos aqui [na Austrália] por cuidarem tão bem de nós. Nós contraímos o COVID-19 e estamos isolados para não contaminarmos mais ninguém. Para algumas pessoas, isso pode evoluir para doenças graves. Estamos lidando um dia de cada vez. Têm coisas que todos nós podemos fazer para passar por isso, seguindo conselhos de especialistas e tomando conta de nós mesmos e dos outros, não é mesmo? Lembrem-se, apesar da situação atual, não existe choro no beisebol

Hanks e Wilson contraíram o coronavírus na Austrália, durante as gravações da cinebiografia do cantor Elvis Presley. Mais cedo, o filho do casal, Chet Hanks, compartilhou um vídeo para acalmar os fãs dos pais.

Efeito Coronavírus na cultura pop

O COVID-19 é uma nova mutação da família coronavírus que está se espalhando em ritmo alarmante desde dezembro de 2019. A China foi o primeiro país vítima da epidemia, com infecções e mortes confirmadas em todas as suas províncias. Desde então, a presença do vírus foi confirmada em quatro continentes - incluindo a América do Sul, com casos no Brasil, Argentina e Chile.

Filmes como Pedro Coelho 2, 007 - Sem Tempo Para Morrer Um Lugar Silencioso - Parte II tiveram suas estreias adiadas por causa do surto.