Séries de The Walking Dead têm produções adiadas como precaução ao COVID-19

Créditos da imagem: AMC/Divulgação

Séries e TV

Notícia

Séries de The Walking Dead têm produções adiadas como precaução ao COVID-19

Derivado Fear The Walking Dead adiantou hiato das gravações em uma semana

Nicolaos Garófalo
13.03.2020
22h18
Atualizada em
24.03.2020
11h42
Atualizada em 24.03.2020 às 11h42

Assim como diversas outras séries e filmes, as produções da emissora AMC baseadas em The Walking Dead tiveram suas produções adiadas como precaução ao coronavírus. Com previsão para entrar em hiato na semana que vem, a equipe de Fear The Walking Dead foi liberada nesta sexta-feira (13), enquanto a série original teve a produção de sua 11ª temporada atrasada em até quatro semanas (via Deadline).

A previsão inicial é de que as gravações do derivado sejam retomadas em 13 de abril, enquanto os roteiristas de The Walking Dead, liderados pela shorunner Angela Kang, seguirão trabalhando na pré-produção a distância.

O quinto ano de Fear The Walking Dead foi encerrado em outubro. No Brasil, o programa é transmitido pela AMC Brasil e tem todas as suas temporadas, incluindo a quinta, disponíveis no catálogo da Amazon Prime Video. Já The Walking Dead é transmitida aos domingos pelo canal pago Fox, às 22h10, e também pelo streaming Fox App.

Efeito Coronavírus na cultura pop

O COVID-19 é uma nova mutação da família coronavírus que está se espalhando em ritmo alarmante desde dezembro de 2019. A China foi o primeiro país vítima da epidemia, com infecções e mortes confirmadas em todas as suas províncias. Desde então, a presença do vírus foi confirmada em quatro continentes - incluindo a América do Sul, com casos no Brasil, Argentina e Chile.

Filmes como Pedro Coelho 2, 007 - Sem Tempo Para Morrer Um Lugar Silencioso - Parte II tiveram suas estreias adiadas por causa do surto.