Foto de Guardiões da Galáxia Vol. 2

Créditos da imagem: Guardiões da Galáxia Vol. 2/Disney/Divulgação

Filmes

Notícia

Michael Rooker, de Guardiões da Galáxia, revela que teve coronavírus

Astro descreveu período com a doença como uma “batalha”

Camila Sousa
07.09.2020
11h29

Em um post em seu Facebook, Michael Rooker, de Guardiões da Galáxia e O Esquadrão Suicida, revelou que teve coronavírus e descreveu seu período com a doença como uma “batalha”.

No texto, o astro diz que está curado da doença e revela como resolveu se cuidar: “Tenho que dizer a vocês que tem sido uma batalha. E como em qualquer guerra, tudo é justo. No meio dessa batalha, cheguei à conclusão que não há muito que se possa fazer externamente para lutar contra a COVID-19, uma vez que ela está no seu corpo. Essa é minha opinião pessoal, definitivamente não é a conclusão de nenhum estudo científico. A verdadeira batalha acontece internamente, em nível celular”.

Ao chegar a esta conclusão, Rooker afirma que optou por não tomar nenhum medicamento extra ou vitaminas. Segundo ele, “achei que, se meu sistema imunológico ainda não estava preparado para essa batalha, enchê-lo com todas essas coisas extras só me faria mal, já que os rins e fígado ficariam sobrecarregados”.

Rooker disse que sentia o resultado dessas batalhas todos os dias, se sentindo bem em alguns deles, e realmente mal em outros. No fim do texto, ele afirma que seu corpo venceu a “guerra” contra a COVID-19, mas que a doença “lutou bem”.

Rooker entra para a lista de astros de Hollywood que foram contaminados com o vírus e relataram o ocorrido nas redes sociais. Um dos primeiros foi Tom Hanks e sua esposa, Rita Wilson. Desde o começo da pandemia, nomes como Bryan Cranston, Daniel Dae KimKristofer Hivju também confirmaram o diagnóstico.

Entre os nomes recentes que tiveram a doença estão também Dwayne "The Rock" Johnson, que disse que toda a sua família foi contaminada, mas já se recuperou, e Robert Pattinson, que estava nas gravações de The Batman.