Logo da CinemaCon

Créditos da imagem: Reprodução

Filmes

Notícia

CinemaCon é cancelada por causa da pandemia do coronavírus

Evento destinado a distribuidoras costuma revelar materiais inéditos dos grandes lançamentos do ano

Mariana Canhisares
12.03.2020
11h45
Atualizada em
24.03.2020
12h01
Atualizada em 24.03.2020 às 12h01

A Associação Nacional de Proprietários de Cinema (NATO, no original) anunciou o cancelamento da CinemaCon nesta quarta-feira (11) por causa do coronavírus. O evento destinado às distribuidoras e exibidores aconteceria de 30 de março a 2 de abril em Las Vegas, nos Estados Unidos.

De acordo com o Deadline, os estúdios estavam com dificuldade de confirmar a presença de atores e diretores para as apresentações. Já muitas companhias médias e pequenas estavam já desistindo do evento. A NATO estava resistente, mas com a decisão do presidente dos Estados Unidos Donald Trump de suspender as viagens da Europa para os EUA para conter o novo coronavírus, a organização entendeu que esta era a melhor medida.

A CinemaCon é uma convenção anual em que os estúdios apresentam seus grandes lançamentos para o mercado, exibindo materiais inéditos.

Efeito Coronavírus na cultura pop

COVID-19 é uma nova mutação da família coronavírus que está se espalhando em ritmo alarmante desde dezembro de 2019. A China foi o primeiro país vítima da epidemia, com infecções e mortes confirmadas em todas as suas províncias. Desde então, a presença do vírus foi confirmada em quatro continentes - incluindo a América do Sul, com casos no Brasil, Argentina e Chile.

Filmes como Pedro Coelho 2 e 007 - Sem Tempo Para Morrer tiveram suas estreias adiadas por causa do surto. Entenda como o Coronavírus impacta a cultura pop.