Capa de Marighella Livre/Draco

Créditos da imagem: Editora Draco/Divulgação

HQ/Livros

Notícia

Editora Draco lança HQ sobre ativista brasileiro Carlos Marighella

Marighella #LIVRE conta com três histórias de uma das figuras políticas mais conhecidas do Brasil

Nicolaos Garófalo
16.06.2020
18h32
Atualizada em
16.06.2020
19h11
Atualizada em 16.06.2020 às 19h11

A Editora Draco anunciou o lançamento de Marighella #LIVRE, HQ que conta a história do ativista brasileiro Carlos Marighella. Divididas em três narrativas, a graphic novel tem roteiros de Rogério Faria (Corpos-Secos), capa de phillzr e arte de Ricardo Sousa (ZéMurai) e Jefferson Costa, artista vencedor do Prêmio Jabuti pela Graphic MSP Jeremias: Pele.

Marighella #LIVRE contará três diferentes histórias da trajetória do ativista, começando pela prisão e tortura que viveu aos 24 anos, em 1936. Nos capítulos seguintes, que se passam em 1964 e 1969, serão retratados momentos em que ele enfrentou a ditadura militar que comandou o Brasil entre 1964 e 1985. Confira abaixo uma prévia da HQ:

Com 64 páginas em preto e branco, Marighella #LIVRE pode ser adquirida direto no site da Draco. O quadrinho é lançado um mês após a data marcada para o lançamento do filme Marighella, cinebiografia do militante que estreou sobre aplausos no Festival de Berlim. Protagonizado por Seu Jorge, o longa que narra a vida de Carlos Marighella entre 1964 e 1969, quando ele morreu em uma emboscada por policiais na época da ditadura militar chegaria aos cinemas brasileiros em 14 de maio, mas foi adiado por causa da pandemia do coronavírus.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.