Marighella

Créditos da imagem: O2/Divulgação

Filmes

Notícia

Marighella estreia sob aplausos no Festival de Berlim

Atora ainda posou com uma placa com o nome de Marielle Franco

Fábio de Souza Gomes
15.02.2019
19h11
Atualizada em
15.02.2019
19h41
Atualizada em 15.02.2019 às 19h41

Marighella, novo filme dirigido por Wagner Moura, estreou sob aplausos no Festival de Berlim. Durante uma coletiva, o ator explicou que não imaginava dirigir o filme, mas decidiu arriscar e disse que essa foi a experiência artística mais importante de sua vida.

“Começamos depois do golpe de estado [Moura fala sobre o impeachment de Dilma Rousseff]. Não é uma resposta ao Governo, mas espero que ele seja maior que o atual governo Bolsonaro, e é a primeira resposta da cultura a situação atual. Marighella fala de uma pessoa que resistiu naquela época e se dirige a quem resiste agora: a comunidade LGBT, negros, moradores de favelas...”, afirmou durante o evento.

O ator ainda postou com uma placa com o nome de Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro que foi assassinada em 2018.

Marighella narra a vida do guerrilheiro baiano Carlos Marighella entre 1964 e 1969, quando ele morreu em uma emboscada por policiais. O personagem por si só é polêmico por ser lembrado tanto como um símbolo da resistência à ditadura, quanto um terrorista que pegou em armas neste período.

O elenco conta com Seu JorgeAdriana EstevesHumberto Carrão e Bruno Gagliasso.

O evento acontece de 7 a 17 de fevereiro.