Marighella

Créditos da imagem: O2/Divulgação

Filmes

Notícia

Marighella estreia sob aplausos no Festival de Berlim

Atora ainda posou com uma placa com o nome de Marielle Franco

Fábio de Souza Gomes
15.02.2019, às 18:11
Atualizada em 15.02.2019, às 18:41
Atualizada em 15.02.2019, às 18:41

Marighella, novo filme dirigido por Wagner Moura, estreou sob aplausos no Festival de Berlim. Durante uma coletiva, o ator explicou que não imaginava dirigir o filme, mas decidiu arriscar e disse que essa foi a experiência artística mais importante de sua vida.

“Começamos depois do golpe de estado [Moura fala sobre o impeachment de Dilma Rousseff]. Não é uma resposta ao Governo, mas espero que ele seja maior que o atual governo Bolsonaro, e é a primeira resposta da cultura a situação atual. Marighella fala de uma pessoa que resistiu naquela época e se dirige a quem resiste agora: a comunidade LGBT, negros, moradores de favelas...”, afirmou durante o evento.

O ator ainda postou com uma placa com o nome de Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro que foi assassinada em 2018.

Marighella narra a vida do guerrilheiro baiano Carlos Marighella entre 1964 e 1969, quando ele morreu em uma emboscada por policiais. O personagem por si só é polêmico por ser lembrado tanto como um símbolo da resistência à ditadura, quanto um terrorista que pegou em armas neste período.

O elenco conta com Seu JorgeAdriana EstevesHumberto Carrão e Bruno Gagliasso.

O evento acontece de 7 a 17 de fevereiro.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.