Capa de Marighella Livre/Draco

Créditos da imagem: Editora Draco/Divulgação

HQ/Livros

Notícia

Editora Draco lança HQ sobre ativista brasileiro Carlos Marighella

Marighella #LIVRE conta com três histórias de uma das figuras políticas mais conhecidas do Brasil

Nicolaos Garófalo
16.06.2020
18h32
Atualizada em
16.06.2020
19h11
Atualizada em 16.06.2020 às 19h11

A Editora Draco anunciou o lançamento de Marighella #LIVRE, HQ que conta a história do ativista brasileiro Carlos Marighella. Divididas em três narrativas, a graphic novel tem roteiros de Rogério Faria (Corpos-Secos), capa de phillzr e arte de Ricardo Sousa (ZéMurai) e Jefferson Costa, artista vencedor do Prêmio Jabuti pela Graphic MSP Jeremias: Pele.

Marighella #LIVRE contará três diferentes histórias da trajetória do ativista, começando pela prisão e tortura que viveu aos 24 anos, em 1936. Nos capítulos seguintes, que se passam em 1964 e 1969, serão retratados momentos em que ele enfrentou a ditadura militar que comandou o Brasil entre 1964 e 1985. Confira abaixo uma prévia da HQ:

Com 64 páginas em preto e branco, Marighella #LIVRE pode ser adquirida direto no site da Draco. O quadrinho é lançado um mês após a data marcada para o lançamento do filme Marighella, cinebiografia do militante que estreou sobre aplausos no Festival de Berlim. Protagonizado por Seu Jorge, o longa que narra a vida de Carlos Marighella entre 1964 e 1969, quando ele morreu em uma emboscada por policiais na época da ditadura militar chegaria aos cinemas brasileiros em 14 de maio, mas foi adiado por causa da pandemia do coronavírus.