Quadrinista fazia as paródias de filmes da revista

Créditos da imagem: Mort Drucker - 50 Years of His Finest Works/Divulgação

HQ/Livros

Notícia

Mort Drucker, lendário desenhista da revista MAD, morre aos 91 anos

Quadrinista fazia as paródias de filmes da revista

Pablo Raphael
09.04.2020
17h24
Atualizada em
09.04.2020
17h43
Atualizada em 09.04.2020 às 17h43

O quadrinista Mort Drucker, que desenhava as paródias de filmes e séries da revista MAD, morreu na quarta (8) aos 91 anos. Drucker faleceu em casa, em Woodbury, Nova York, de causas ainda não reveladas (via CB).

Colaborador da MAD por cinco décadas, Drucker se especializou em produzir as paródias de filmes, TV e sátiras políticas que ajudaram a tornar a revista MAD relevante na cultura pop. O desenhista ilustrou 238 paródias para a publicação, entre 1956 e 2008, quando deixou a revista. Seu último trabalho foi uma sátira de As Crônicas de Narnia. "Acredito que desenhei quase todo mundo em Hollywood", disse o ilustrador na época (via The New York Times).

Criada por William Gaines e Harvey Kurtzman na década de 1950, a MAD é uma das mais importantes publicações voltadas ao humor. Conhecida por seu humor ácido que satirizava tanto obras da cultura pop quanto acontecimentos sociais, o título foi um celeiro de grandes artistas como AragonésDon MartinDave BergAntonio ProhíasPeter Kuper e Wally Wood. No Brasil, a revista foi publicada pelas editoras VecchiRecordMythos e Panini.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.