Joaquin Phoenix em Coringa

Créditos da imagem: Coringa/Warner Bros/Reprodução

Filmes

Notícia

Oscar 2020 | Coringa é filme baseado em HQs com mais indicações da história

Longa disputa em 11 categorias, entre eles Melhor Filme e Melhor Direção

Mariana Canhisares
13.01.2020
11h16
Atualizada em
17.01.2020
19h42
Atualizada em 17.01.2020 às 19h42

Coringa fez história no Oscar 2020. Disputando em 11 categorias, incluindo Melhor Filme e Melhor Direção, o longa de Todd Phillips se tornou a produção baseada em quadrinhos com mais indicações da história da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. As demais categorias incluem Melhor Trilha Sonora, Melhor Fotografia, Melhor Figurino, Melhor Cabelo e Maquiagem, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Edição, Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem de Som.

Vale lembrar que no ano anterior Pantera Negra teve 7 indicações, enquanto em Batman: O Cavaleiro das Trevas teve 8 em 2008.

Coringa estreou no dia 3 de outubro e arrecadou US$ 93,5 milhões em seu primeiro final de semana, melhor marca da Warner desde Mulher-Maravilha que, sem a mesma limitação de ser só para maiores de 18 anos, fez US$ 103 milhões. Com arrecadação de US$ 1 bilhão na bilheteria mundial, o longa ultrapassou os filmes do Deadpool e se tornou o longa para maiores mais lucrativo da história.

A 92ª cerimônia do Oscar acontecerá em 9 de fevereiro e, novamente, não terá um apresentador principal.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.