Filmes

Notícia

Oldboy - Dias de Vingança | Cartazes geram discussão pública envolvendo Spike Lee

Diretor e designer trocam mensagens sobre direitos autorais das imagens

Érico Borgo
30.11.2013
01h04
Atualizada em
29.06.2018
02h43
Atualizada em 29.06.2018 às 02h43

Uma discussão pública sobre os cartazes de Oldboy - Dias de Vingança, remake hollywoodiano do filme sul-coreano, aconteceu ontem entre o diretor do filme, Spike Lee, e o artista freelances Juan Luis Garcia.

Oldboy

None

O designer divulgou uma carta aberta pedindo a ajuda do cineasta, que ele julga ser "tão vítima quanto eu" no caso de layouts que ele teria apresentado à agência de publicidade do filme. Quando a empresa ofereceu um valor extremamente baixo pelas ideias, Garcia recusou o trabalho, depois de trabalhar dois meses nele.

Segundo o artista, a agência usou todos os seus desenhos, levemente alterados, de qualquer maneira. Quando Garcia reclamou, depois de ver as imagens no Twitter de Lee, a empresa teria ameaçado processá-lo.

A solução encontrada pelo artista foi divulgar publicamente uma carta - que encontrou reação pouco amigável do diretor. "Eu nunca ouvi falar desse tal de Juan Luis Garcia. Se ele tem algum problema, não é comigo. Eu não o contratei e não o conheço. Truque barato esse de escrever pra mim", escreveu.

O caso continuou com mais rejeições e mensagens de Lee a pessoas que tentaram ajudar o artista. "Por que eu deveria pagar alguém que eu não conheço e com quem nunca tive qualquer contato? Por que você não me paga pela sua mensage estúpida então?", escreveu a um dos seus seguidores na rede.

Depois, Garcia declarou que queria apenas que o cineasta entrasse em contato com a agência para ajudá-lo - algo que já estava claro desde a primeira carta. O problema, que chegou a veículos diversos da indústria, é sempre acompanhado da lembrança de que o filme é um dos grandes fracassos do ano e não deve sequer chegar a 2 milhões de dólares durante os cinco primeiros dias de sua estreia, que incluíram o feriado prolongado do Dia de Ação de Graças.

A refilmagem tem elementos tanto do filme de 2003 de Park Chan-wook quanto do mangá original, de Garon TsuchiyaNobuaki Minegishi. Leia aqui a nossa crítica do Oldboy original. O remake estreia em 3 de janeiro no Brasil.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.