Viggo Mortensen como Aragorn em O Senhor dos Anéis

Créditos da imagem: New Line Cinema/Divulgação

Filmes

Notícia

O Senhor dos Anéis | Elenco relembra escalação relâmpago de Viggo Mortensen

Participando do programa Reunited Apart, diretor Peter Jackson explicou os bastidores que levaram o ator ao papel de Aragorn

Mariana Canhisares
31.05.2020
16h39

O ator Viggo Mortensen foi o último membro do elenco de O Senhor dos Anéis a se juntar à equipe durante as gravações na Nova Zelândia e, segundo o diretor Peter Jackson, quase que ele não foi por pura indecisão.

Participando do programa Reunited Apart, o cineasta relembrou que Mortensen não foi a primeira escolha da produção para viver Aragorn - na realidade, o ator selecionado originalmente foi Stuart Townsend, mas ele eventualmente foi considerado novo demais e, mesmo tendo integrado os ensaios, acabou demitido. Mortensen, então, recebeu uma proposta relâmpago, mas não estava certo se deveria ou não aceitá-la. Por isso, Jackson credita o filho do ator, Henry Mortensen, pela contratação. Segundo o diretor, o amor do jovem pela Terra Média fez com que Viggo Mortensen superasse suas dúvidas e se arriscasse.

Questionado pelo apresentador Josh Gad sobre os motivos da sua hesitação, o ator não foi muito específico, mas disse que lendo os livros conseguiu se identificar com Aragorn e entender como poderia contribuir para as obras.

Superada a indecisão de Mortensen, a equipe tinha outro desafio: convencer a New Line Cinema de que tinham encontrado o cara certo dessa vez. A ansiedade do estúdio era tamanha que logo após os primeiros dias de trabalho do recém-contratado ator, Jackson e companhia deixaram a Nova Zelândia e foram para os Estados Unidos apresentar o resultado das gravações para representantes do estúdio. As cenas, todas muito focadas na ação, obviamente os agradaram e Mortensen seguiu trabalhando.

Surpreso com a história, o ator brincou: "então eu poderia ter afundado a trilogia no meu primeiro dia de trabalho?".

Os três primeiros filmes de O Senhor dos Anéis foram lançados entre 2001 e 2003 e indicados a diversos prêmios, com o terceiro filme, O Retorno do Rei, vencendo o Oscar de Melhor Filme. Já a trilogia de O Hobbit, lançada entre 2012 e 2014, passou por alguns problemas ao longo de sua produção e não conseguiu corresponder às expectativas dos fãs.