Filmes

Lista

O Senhor dos Anéis | Veja como foi a reunião do elenco

Elijah Wood, Ian McKellen, Viggo Mortensen e companhia recriaram cenas icônicas da franquia em chamada de vídeo

Mariana Canhisares
31.05.2020
15h37

O ator Josh Gad recebeu o elenco e parte da equipe da trilogia O Senhor dos Anéis no novo episódio do seu programa Reunited Apart. Com muito bom humor, o diretor Peter Jackson, acompanhado de praticamente todo o elenco da franquia, relembrou momentos divertidos dos bastidores da franquia e, claro, não perderam uma oportunidade sequer para zoar uns aos outros, como bons amigos.

Não bastassem os 50 minutos repletos de curiosidades, Elijah Wood, Ian McKellen, Viggo Mortensen, Orlando Bloom e companhia ainda aproveitou a oportunidade para recriar cenas icônicas na chamada de vídeo. Alguns, inclusive, levaram props para tornar tudo ainda mais épico.

Acima, você pode conferir a reunião na íntegra, em inglês. Já abaixo estão os melhores momentos deste episódio. Confira:

Tatuagem coletiva

Reunited Apart/Reprodução

É um fato bastante conhecido que o elenco de O Senhor dos Anéis tem tatuagens combinando. Durante o Reunited Apart, todos tiveram sua chance de revelá-las, inclusive o diretor Peter Jackson.

Enquanto conversavam sobre isso, Ian McKellen contou a Josh Gad que segurou a mão de Elijah Wood enquanto ele fazia a tatuagem.

Quem escreveu o que?

Reunited Apart/Reprodução

Peter Jackson e a roteirista Philippa Boyens revelaram como hoje, anos depois do lançamento da trilogia, as palavras do escritor J.R.R.Tolkien e as escritas pela dupla e pela também roteirista Fran Walsh se confundem.

Eles, então, citaram exemplos de frases originais do filme. O clássico grito de Galdalf "you shall not pass", na verdade, era "you will not pass" no original.

Viggo Mortensen foi escalado como Aragorn em cima da hora

Reunited Apart/Reprodução

Originalmente, Aragorn seria interpretado por outro ator, mas como a escalação não deu certo, o papel acabou nas mãos de Viggo Mortensen em cima da hora, quando as gravações já haviam começado.

De acordo com o diretor Peter Jackson, Mortensen não é o tipo de pessoa que toma decisões rapidamente. Por isso, para ele, o grande responsável pela contratação do ator foi o filho dele, Henry Mortensen, que diante da indecisão do pai insistiu que ele aceitasse o trabalho.

Mas, com ele já no set, a equipe tinha outro desafio: convencer a New Line Cinema de que tinham o cara certo para viver Aragorn. Por isso, logo após os primeiros dias de trabalho de Mortensen, Jackson e companhia deixaram a Nova Zelândia e foram para os Estados Unidos apresentar o resultado das gravações para representantes do estúdio. As cenas claramente os agradaram, mas Mortensen não perdeu a oportunidade de fazer uma piada: "então eu poderia ter afundado a trilogia no meu primeiro dia de trabalho?".

Andy Serkis quase só dublou Gollum

Reunited Apart/Reprodução

O ator Andy Serkis revelou que quando recebeu a proposta para estrelar O Senhor dos Anéis a ideia inicial era que ele apenas dublasse Gollum, porque o personagem seria construído digitalmente como Jar Jar Binks em Star Wars. O diretor Peter Jackson, então, esclareceu que eles não tinham certeza de como a tecnologia de captura de performance funcionaria e, por isso, tudo parecia estar em aberto.

Rivalidade fora das telas

Reunited Apart/Reprodução

Na franquia, Gimli e Legolas têm uma espécie de rivalidade. Segundo o ator Orlando Bloom, algo semelhante acontecia entre ele e o intérprete do anão, John Rhys-Davies. "Ele era bastante rigoroso comigo, queria se certificar de que eu estava atento", disse Bloom, rindo.

Que tipo de reunião é essa?

Reunited Apart/Reprodução

Em determinado ponto da reunião, Elijah Wood ressaltou como todos eles seguem iguais, apesar de tantos anos depois, ao que Peter Jackson completou: "estava com medo de que isso fosse um encontro de colegas de classe, mas na verdade é um encontro de colegas de cela". Todos riram, claro.

Karl Urban, o fan boy

Reunited Apart/Reprodução

"Lembro que no meu primeiro dia tinham 400, 500 figurantes vestidos de Orcs, um modelo em escala real do Abismo de Helm. Usei toda a minha energia para não surtar", contou o ator Karl Urban.

Recriando cenas icônicas

Reunited Apart/Reprodução

O elenco praticamente completo reservou um momento da reunião para recriar cenas icônicas da saga, como o encontro entre Frodo e Galdalf no Condado, no qual o hobitt acusa o mago de se atrasar. Alguns, inclusive, usaram props do filme para suas cenas, como Karl Urban e John Rhys-Davies, que logo sacaram seus elmos.

Improviso

Reunited Apart/Reprodução

O diretor Peter Jackson, então, propôs que Andy Serkis mostrassem como Gollum e Smeagol lidariam com o isolamento social. Gollum é contrário, mas Smeagol se preocupa em desinfetar o anel.

Homenagem ao professor de dialeto

Reunited Apart/Reprodução

Para falar élfico nos três filmes, o elenco contou com a ajuda do professor de dialeto Andrew Jack, que recentemente morreu em razão do coronavírus. Durante o Reunited Apart, todos os participantes homenageram Jack, levantando seus copos.

Truque de mestre

Reunited Apart/Reprodução

Vocês devem se lembrar que na cena do Conselho de Elrond Sean Bean fez um longo discurso, certo? Pois bem, essa fala foi escrita na noite anterior, de modo que o ator não teve muito tempo de decorá-la. Sua solução, então, foi colar o roteiro no seu joelho. Por isso, ao longo da cena, pode-se ver Bean dando seu texto cabisbaixo. Ele realmente não queria errar nenhuma palavra.

Christopher Lee queria ser o Gandalf

Reunited Apart/Reprodução

O ator Ian McKellen revelou que, logo quando conheceu Christopher Lee, o intérprete de Saruman, seu colega manifestou interesse em viver o mago conhecido como o Cinzento. "Eu leio Senhor dos Anéis todos os anos. Sempre achei que deveria ser o Gandalf", teria dito Lee. A "rivalidade" entre eles durou pouco, já que os dois se tornaram grandes amigos.

Os Beatles queriam fazer uma adaptação de O Senhor dos Anéis

Reunited Apart/Reprodução

Respondendo a uma pergunta do diretor Taika Waititi, que se juntou à reunião para um momento de curiosidades, Peter Jackson revelou que os Beatles queriam e muito adaptar O Senhor dos Anéis para os cinemas. John Lennon seria Gollum, Paul McCartney viveria o Frodo, Ringo seria o Sam e George Harrison interpretaria Gandalf. A banda chegou a abordar J.R.R. Tolkien na época, que ainda tinha os direitos da própria obra, mas o autor negou a proposta.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.