Cena de "Footloose" em The Umbrella Academy

Créditos da imagem: Reprodução

Séries e TV

Lista

Os melhores momentos musicais da 3ª temporada de The Umbrella Academy

De Footloose a Iggy Pop, o 3º ano traz ainda mais música do que o normal para a série

Omelete
1 min de leitura
Caio Coletti
01.07.2022, às 11H05

Se você é fã de The Umbrella Academy, deve saber muito bem que o lançamento de uma nova temporada da série da Netflix significa também muitas adições àquela playlist que você passa o dia todo ouvindo. Mesmo dentro desses parâmetros, no entanto, o terceiro ano da série foi excepcional. 

Visto que os momentos musicais extrapolaram as expectativas, resolvemos listar 10 músicas que marcaram alguns dos melhores momentos da temporada - e, é claro, reuni-las todas (e mais algumas que não entraram na seleção) em uma playlist no fim do post. Aproveitem!

 

“Footloose” - Kenny Loggins

Direto de um clássico cinematográfico para um clássico televisivo: as guitarras marcantes e a batida contagiante de “Footloose”, tema do filme de mesmo nome de 1984, embalaram a maior cena de dança da 3ª temporada de The Umbrella Academy.

A canção de Kenny Loggins começou a tocar no momento em que Diego (David Castañeda) foi atingido pelo veneno de uma das integrantes da Sparrow Academy, Jayme (Cazzie David), que é capaz de fazer seus adversários delirarem. Em pouco tempo, todos os Hargreeves estavam dançando juntos na cabeça do personagem.

“Passenger” - Iggy Pop

O barítono inconfundível do ícone do rock ressoa nos primeiros minutos de “World’s Biggest Ball of Twine” (3x02), enquanto Luther (Tom Hopper) sai para uma corrida. O Nº1 da Umbrella Academy é interceptado por integrantes dos Sparrow no meio do caminho, é claro, e sua captura acontece ao som do clássico de Iggy.

“Quando Quando Quando” - Engelbert Humperdinck

O nome mais inesquecível do mundo”, proclama o apresentador que introduz Engelbert Humperdinck nessa gravação de “Quando Quando Quando” que encontramos no YouTube. Parece que ele ficou mesmo na cabeça dos coordenadores musicais de The Umbrella Academy: a balada romântica dançante do britânico foi trilha para a luta entre Diego e Alphonso (Jake Epstein) em um supermercado, também no 2º episódio.

Vale lembrar que essa já é a segunda música de Humperdinck que ganha destaque na TV de super-heróis em 2022. Cavaleiro da Lua usou “A Man Without Love”, outra gravação dele, no seu episódio de estreia.

“Higher Love” - Lilly Winwood & Steve Winwood

Para embalar o primeiro encontro romântico entre Luther e Sloane (Genesis Rodriguez), a produção de The Umbrella Academy resgatou um clássico oitentista do roqueiro Steve Winwood. No entanto, a série escolheu usar uma versão gravada em 2016 pelo cantor ao lado de sua filha, Lilly Winwood - o tom delicado da moça sobre o piano tocado pelo pai caiu muito bem na cena.

“Lady in Red” - Chris De Burgh

Um clássico das mixtapes românticas para… uma cena em que Luther está fazendo uma mixtape romântica. No terceiro episódio da temporada, “Pocket Full of Lightning”, o Nº1 está sentindo o clima da canção quando é zoado por Diego por suas escolhas bregas - mas podia ser pior! Depois de Diego sair, Luther revela que “Dancing on the Ceiling”, de Lionel Richie, seria outra de suas escolhas.

“House of the Rising Sun” - Jeremy Renner

Pois é. Das milhares de versões de “House of the Rising Sun”, certamente uma das canções mais regravadas dos EUA, os produtores de The Umbrella Academy desenterraram um cover do ator Jeremy Renner (ele mesmo, o Gavião Arqueiro) para embalar o momento em que Harlan (Callum Keith Rennie) perde a sua mãe e libera os seus poderes violentamente. Questionável, sabemos, mas pelo menos foi surpreendente.

“Ride Wit Me” - Nelly

Quando se trata do episódio “Auf Wiedersehen” (3x07), poderíamos ter escolhido a sequência celebratória ao som de “Another One Bites the Dust”, do Queen, mas a verdade é que nenhuma escolha de música nos surpreendeu mais nessa temporada toda do que a de “Ride Wit Me”. Não só o hit de Nelly é um choque de tom com a cena em que toca, mas também nos deu Colm Feore como Reginald cantarolando junto com o rapper. Insuperável.

“(I’ve Had) The Time of My Life” - Bill Medley & Jennifer Warnes

O episódio “Wedding at the End of the World” (3x08) foi outro com muitas músicas marcantes - de Luther cantando “Total Eclipse of the Heart” desafinadamente no karaokê à versão acústica de “Teenage Dream” que embalou o casamento dele com Sloane. Mas não dá para bater todos os irmãos da Umbrella Academy se reunindo para uma versão empolgada deste clássico do filme Dirty Dancing, né?

“Friday I’m in Love” - The Cure

Há quem considere o hit do The Cure meio passé, mas o seu uso inteiramente irônico na cena do episódio “Seven Bells” (3x09), que nos leva de volta ao tempo de Luther na Lua, é genuinamente original e interessante. Os tons mais sombrios escondidos por trás da suposta celebração da letra nunca ficaram mais evidentes, e por isso a canção bateu até o uso pontual de “Bitter Taste”, de Billy Idol, no mesmo capítulo.

“Short Change Hero” - The Heavy

Os ingleses do The Heavy são uma daquelas bandas que sempre aparecem em trilhas-sonoras, e pudera: o seu som é bem cinematográfico, climático, perfeito para uma conclusão de história… e é exatamente assim que “Short Change Hero” é usada em The Umbrella Academy, bem no finalzinho de “Oblivion” (3x10).

Para quem ficou com déjà vu ao ouvir a canção, ajudamos: você pode tê-la conhecido em séries como The Vampire Diaries, Suits, Killjoys e Strike Back, ou nos videogames Batman: Arkham City e Borderlands 2.

A playlist

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.