Mestres do Universo será continuação sobre perda da inocência, diz Kevin Smith

Créditos da imagem: Netflix/Divulgação

Netflix

Notícia

Mestres do Universo será continuação sobre perda da inocência, diz Kevin Smith

Nova série animada de He-Man na Netflix é sequência direta da animação dos anos 1980

Eduardo Pereira
10.06.2021
17h00

Toda a nostalgia pelos anos 1980 que inunda o primeiro trailer da nova série animada do He-Man, Mestres do Universo: Salvando Eternia, não é à toa. Segundo o showrunner Kevin Smith (Dogma), a produção da Netflix será uma continuaçao direta do desenho He-Man e os Mestres do Universo, de 1983. O cineasta ainda se aprofundou em como essa continuidade será conduzida durante participação no evento virtual Geeked Week, que reúne novidades da plataforma de streaming.

"Logo no primeiro episódio, tudo é conduzido como uma versão melhor animada da animação antiga. Estabelecemos as relações e é tudo muito caloroso e jovial", explicou Smith. "Então, na metade da série, nós mudamos tudo e deixamos mais maduro".

Segundo Smith, retomar a sensação de ingenuidade e pureza do desenho dos anos 1980 era necessário para aumentar o impacto emocional das mudanças feitas para o novo desenho. "Esses eram personagens mergulhados em inocência e, na nossa história, essa inocência é perdida aos poucos".

A maior mudança que virá com o desenrolar da história será em relação à personagem Teela, já que Smith falou que o estopim para o desenvolvimento de Mestres do Universo era a ideia de que ela finalmente descobriria que o Príncipe Adam e He-Man são a mesma pessoa.

"Uma grande parte da franquia Mestres do Universo são os segredos do Castelo de Grayskull, e segredos podem ter um efeito devastador, então é com isso que brincamos bastante nessa série", esmiuçou Smith.

Mestres do Universo: Salvando Eternia terá um elenco de voz gigantesco, com Mark Hamill (Star Wars) como o Esqueleto, Lena Headey (Game of Thrones) como Maligna e Chris Wood (Supergirl) como o Príncipe Adam/He-Man.

O elenco ainda contará com Sarah Michelle Gellar (Tila), Liam Cunningham (Mentor), Stephen Root (Pacato/Gato Guerreiro), Diedrich Bader (Rei Randor e Mandíbula), Griffin Newman (Gorpo), Henry Rollins (Triclope), Susan Eisenberg (Feiticeira), Alicia Silverstone (Rainha Marlena), Justin Long (Roboto), Jason Mewes (Stinkor), Kevin Michael Richardson (Homem-Fera) e Kevin Conroy (Aquático), entre outros. Alan Oppenheimer, que fez a voz original do Esqueleto, também estará no anime da Netflix interpretando o vilão Homem-Musgo.

Mestres do Universo: Salvando Eternia seguirá os eventos da série dos anos 80, e terá Smith como produtor executivo e showrunner. Episódios serão escritos por Eric Carrasco (Supergirl), Tim Sheridan (Reign of the Supermen), Diya Mishra (Magic the Gathering) e Marc Bernardin (Alphas). 

A série será animada pela Powerhouse Animation, estúdio por trás de CastlevaniaMestres do Universo: Salvando Eternia estreia em 23 de julho na Netflix.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.