Três membros da Gangue de La casa de Papel em trajes militares por cima dos macacões vermelhos

Créditos da imagem: Netflix/Divulgação

Séries e TV

Notícia

La Casa de Papel | Alex Pineda reescreveu final da série 33 vezes

Plano original passou por mudanças drásticas

Nico Garófalo
02.09.2021
12h16

A última temporada de La Casa de Papel está a poucas horas de estrear na Netflix, iniciando a despedida de um dos maiores fenômenos da cultura pop dos últimos anos. O final, que chega em dezembro à plataforma, foi tratado com extremo cuidado por Alex Pineda, criador da série, que reescreveu o encerramento dezenas de vezes, buscando a conclusão perfeita.

Em entrevista à Esquire Middle East, o roteirista afirmou que os momentos finais da produção foram drasticamente alterados. “Normalmente, já no começo [de história], já sabemos como deve acabar. No caso da quinta temporada, o que planejamos para os capítulos finais não funcionava e precisamos mudar radicalmente o último episódio”, explicou Pineda, revelando que o finale foi completamente refeito. “Precisamos de 33 versões [para encontrar o final]”.

Nesse momento crítico, depois de cinco temporadas, dois assaltos e mais de dois mil minutos de ficção, precisamos encarar o fato de que a história que queríamos contar não funcionava”, continuou o roteirista. “Normalmente, nós escrevemos o destino dos personagens e seus arcos e sabemos o final. Mas o resto nós escrevemos na hora, discutimos à medida que avançamos e vemos o resultado na pós-produção”.

Dividida em duas partes, a estreia da quinta e última temporada de La Casa de Papel acontece em dois momentos: os primeiros cinco episódios chegam em 3 de setembro, enquanto os cinco episódios finais lançam em 3 de dezembro. Todas as temporadas anteriores estão no catálogo da Netflix.

O Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.