Séries e TV

Notícia

Justiceiro e Jessica Jones são canceladas pela Netflix

Jon Bernthal e Krysten Ritter reagem aos cancelamentos

Arthur Eloi
18.02.2019
23h51
Atualizada em
19.02.2019
10h46
Atualizada em 19.02.2019 às 10h46

O universo televisivo da Marvel na Netflix chegou ao fim: a empresa de streaming cancelou Justiceiro e Jessica Jones, as duas séries restantes após o fim de Demolidor, Punho de Ferro e Luke Cage. A informação é do Deadline.

Resta ainda transmitir a terceira temporada de Jessica Jones, que irá ao ar normalmente mas não ganhará mais nenhum episódio adicional após isso. No Instagram, Jon Bernthal deu adeus à Frank Castle - veja abaixo:

"Para todos que serviram, para os que conhecem perda e para quem ama e entende Frank e sua dor. Foi uma honra caminhar em seus pés. Sou eternamente grato aos fãs de quadrinhos, homens e mulheres das Forças Armadas e à comunidade de defesa da lei, para quem Frank significa muito. Obrigado aos fuzileiros e aos soldados que me treinaram. Continuem firmes e seguros", falou o ator.

A atriz Krysten Ritter também comentou o cancelamento no Instagram:

"Foto tirada há algumas semanas na leitura do roteiro do nosso último episódio. Amo muito essas pessoas. Foi um sonho interpretar Jessica ao lado desse elenco incrível e com a melhor equipe da indústria nos últimos 5 anos. Sou muito grata por cada segundo disso. Temos OS MELHORES fãs. Vocês significam o mundo para mim e os considero muito. A última temporada de Jessica Jones será lançada no final desse ano e tenho muito orgulho de como completamos essa jornada. Mal posso esperar para que vocês assistam. Fiquem ligados, há mais coisa por aí".

O universo televisivo da Marvel na Netflix começou em 10 de abril de 2015, com a estreia da primeira temporada de Demolidor. Desde então, a parceria rendeu seis séries originais - incluindo o crossover Os Defensores - e um total de 161 episódios. O último programa lançado foi a segunda temporada de Justiceiro, em 18 de janeiro de 2019. Ainda não há data de estreia para o ano final de Jessica Jones.

De acordo com fontes consultadas pela Variety, o contrato exige que os personagens dos quatro seriados só podem aparecer em uma produção fora da Netflix dois anos após o cancelamento.