Lily Collins em Emily em Paris

Créditos da imagem: Emily em Paris/Netflix/Reprodução

Netflix

Lista

O que queremos da 2ª temporada de Emily em Paris

Mais triângulo amoroso, mais glamour e certamente mais drama!

Mariana Canhisares
27.10.2020
09h33
Atualizada em
27.10.2020
09h48
Atualizada em 27.10.2020 às 09h48

O que não faltou foi drama na primeira temporada de Emily em Paris. Desde que a social media chegou à capital francesa, ela se envolveu em um triângulo amoroso, desagradou e muito sua chefe com sua simples presença, meteu os pés pelas mãos por causa de diferenças culturais e ainda teve lá uma boa leva de casos frustrantes. Mas se o último episódio promete algo ao espectador é que essa novela está longe de acabar - e tem tudo para render uma segunda temporada.

A Netflix ainda não renovou Emily em Paris, mas a série deixou vários ganchos que nos permitem especular sobre o futuro da queridinha do Instagram e dos seus amigos na Cidade Luz. E já temos uma lista do que queremos ver na segunda temporada:

Gabriel ficou… e agora?

Emily em Paris/Netflix/Reprodução

Emily e Gabriel finalmente ficaram juntos, uma despedida romântica, mais perfeita impossível. Quer dizer, teria sido se o chef não tivesse mudado de ideia na última hora e aceitado uma sociedade com o empresário Antoine Lambert, deixando para trás a ideia de recomeçar a vida na sua cidade natal. Mais do que a realização de um sonho, a permanência dele em Paris significa que o triângulo amoroso ficará ainda mais complicado. A pergunta que não quer calar, portanto, é uma só: ele e Emily terão chances de ter um relacionamento, ou ela não arriscará sua amizade com Camille?

Embora acompanhar o namoro da social media e do chef talvez fosse adorável, resolver esse nó logo de cara não seria nada interessante para a trama do novo ano da série. A verdade é que a graça está na confusão, nos desencontros e nos segredos nada inocentes. Então, antes do final feliz, que os novos episódios caprichem no drama!

Além disso, agora que decidiu ficar, Gabriel terá algumas explicações a dar. Ele negou todas as tentativas de Camille de ajudá-lo financeiramente a comprar seu sonhado restaurante, mas de repente um empresário que ele mal conhece o oferece uma grana e ele aceita? Bem, está aí uma justificativa que todos merecem ouvir.

E o romance com Mathieu?

Emily em Paris/Netflix/Reprodução

O coração de Emily sempre bateu mais forte por Gabriel, mas já para o final da temporada ela deu indícios de que estava pronta para virar a página com Mathieu. Os dois tiveram vários encontros apaixonados e se preparavam para uma viagem de final de semana quando o chef anunciou que ficaria em Paris. Como, então, ficará esse romance?

Esse é um drama especialmente interessante, porque pode afetar a vida dos personagens não só no âmbito pessoal, mas também no profissional. Mathieu administra a carreira de um dos clientes mais importantes de Emily, e um pé na bunda pode acabar incentivando-o a tentar demiti-la - ou, pelo menos, dificultar sua vida. Tudo vai depender de como ele lida com o ciúmes e a rejeição...

A amizade com Camille

Emily em Paris/Netflix/Reprodução

Coitada, a Camille não tem a menor ideia do que está acontecendo! Por isso, não é de se estranhar que ela queira desabafar com Emily sobre a permanência de Gabriel e a forma como ele comprou o restaurante. Com tanta inocência por parte da francesa, o grande dilema está mesmo nas mãos da protagonista. Ela aproveitará essa oportunidade para ser honesta e revelar que está apaixonada pelo chef, ou ela continuará mentindo para uma das suas poucas amigas na cidade? E, se ela abrir o jogo, a amizade das duas é capaz de sobreviver?

Mindy, a colega de quarto

Emily em Paris/Netflix/Reprodução

A temporada acabou com Mindy se mudando temporariamente para o apartamento da Emily. Agora, quanto tempo é “temporariamente”? Ainda que Mindy tenha sido a grande confidente da social media e sempre a tenha incentivado a se arriscar, a convivência diária sob um mesmo teto pode mudar bastante uma relação. Logo, ver como as duas vão se comportar nesse contexto de roommates certamente será muito divertido!

Chegou a hora de se entender com Sylvie

Emily em Paris/Netflix/Reprodução

Emily é uma presença indesejada no escritório, e Sylvie sequer tenta disfarçar isso no início da primeira temporada. No entanto, mesmo que a contragosto, a americana acabou ganhando um pouco do respeito da chefe e se provando uma peça útil para a empresa. Veja bem, não foi uma aceitação total, mas um primeiro passo importante para o desenvolvimento dessa relação. Em uma eventual segunda temporada, portanto, seria muito interessante vê-las deixando suas diferenças de lado e realmente trabalhando juntas. 

Mais figurinos incríveis, por favor!

Emily em Paris/Netflix/Reprodução

É fato que uma nova temporada de Emily em Paris não fará o menor sentido sem a garantia de que Lily Collins e todo o elenco desfilarão figurinos incríveis. Esse glamour é parte do DNA da série, ou seja, não pode ficar de fora de jeito nenhum!

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.