Música

Lista

Taylor Swift | 13 easter eggs do clipe de "The Man"

Vestindo-se de homem, cantora critica o machismo em diversas situações cotidianas

Mariana Canhisares
27.02.2020
11h07
Atualizada em
27.02.2020
11h20
Atualizada em 27.02.2020 às 11h20

A cantora Taylor Swift divulgou nesta quinta-feira (27) o clipe de “The Man”, o quarto single do álbum Lover. Seguindo o tom da letra, o clipe também critica o machismo das situações cotidianas, mas com um detalhe a mais: caracterizando a artista literalmente como um homem. Veja acima.

Como de costume, o vídeo está repleto de easter eggs e referências deixadas pela artista para seus fãs. Confira a seguir as principais delas:

A caneca

"The Man"/Taylor Swift/Reprodução

Uma das funcionárias de Tyler Swift, o personagem da cantora, segura uma caneca com a frase “I’d be the man”, um verso da sua música.

13

"The Man"/Taylor Swift/Reprodução

É claro que o número da sorte da cantora apareceria no clipe. Taylor desce justamente na estação de metrô na rua 13. 

Os discos

"The Man"/Taylor Swift/Reprodução

No metrô, logo que o personagem de Taylor para para fazer xixi, pode-se ler o nome de todos os seus discos anteriores a Lover: Taylor Swift (2006), Fearless (2008), Speak Now (2010), Red (2012), 1989 (2014) e Reputation (2017).

Miss Americana

"The Man"/Taylor Swift/Reprodução

O documentário da Netflix sobre a carreira da cantora também ganhou destaque no clipe. Porém, aqui, seu nome é Mr. Americana, ele é dirigido por um homem (Larry Wilson, uma brincadeira com o nome da diretora original, Lana Wilson) e estrelado por outro, Tyler Swift. E, detalhe: o filme fictício foi selecionado pelo Festival de Mandance, uma referência à participação do doc em Sundance

“Miss Americana and the Heartbreak Prince”

"The Man"/Taylor Swift/Reprodução

Há ainda uma referência à música que inspirou o título do documentário, mas dessa vez ela está no moletom de uma das passageiras do metrô.

A polêmica com Scooter Braun

"The Man"/Taylor Swift/Reprodução

Nesta mesma parede, nota-se uma placa curiosa que proíbe patinetes. Mas há ali mais do que o significado literal. Em inglês, patinete é "scooter", uma referência ao empresário Scooter Braun a quem Swift acusou de ter feito bullying contra ela por meio de seus clientes, como Kanye West. Em 2019, Braun adquiriu os direitos dos primeiros álbuns da cantora e, como maneira de se opor à venda, Swift contou seu lado da história; relembre.

Até mesmo o personagem de Taylor tem um visual parecido com o do empresário. Coincidência?

Briga com Scott Borchetta

"The Man"/Taylor Swift/Reprodução

Outro personagem envolvido nessa briga é Scott Borchetta, o fundador da Big Machine Label Group. A referência ao empresário, porém, é mais sutil. Dentro do vagão do metrô, pode-se ver um cartaz dizendo "Bo$$ Scotch", cujo segundo termo, em inglês, tem uma sonoridade parecida com o primeiro nome de Borchetta. Se os cifrões não são pistas o suficiente da crítica da cantora, há ainda a frase “lucre com sentimentos” - os sentimentos dela, no caso.

“Procura-se”

"The Man"/Taylor Swift/Reprodução

Ainda sobre toda a discussão dos direitos, Swift deixou uma placa bem explícita: “procura-se. Se encontrado, devolver para Taylor Swift”.

“Propriedade de Taylor Swift”

"The Man"/Taylor Swift/Reprodução

Se esses acenos à polêmica não foram suficientes, Taylor diz com todas as letras nos créditos que este clipe, escrito e dirigido por ela, é propriedade dela.

Leonardo DiCaprio

"The Man"/Taylor Swift/Reprodução

“The Man” fala abertamente sobre Leonardo DiCaprio, então não é de se espantar que o clipe tenha alguns momentos dedicados a ele. Além do óbvio passeio em Saint Tropez, acompanhado de belas modelos, o início do vídeo lembra bastante O Lobo de Wall Street, produção estrelada pelo premiado ator.

Serena Williams

"The Man"/Taylor Swift/Reprodução

O escândalo de Tyler no jogo de tênis é uma clara referência ao episódio em que Serena Williams foi criticada por sua reação na partida final feminina do Aberto dos Estados Unidos, em setembro de 2018, quando discutiu com o árbitro José Miguel Fernandes. A ideia é mostrar que, se a tenista fosse um homem, talvez a repercussão de seu comportamento não tivesse sido tão controversa - ou, melhor, talvez ela pudesse ter se comportado pessimamente, como Tyler, sem sofrer as consequências. Não à toa, justamente neste momento Swift canta: “if I was a man/ than I’d be the man”.

Pai

"The Man"/Taylor Swift/Reprodução

O pai da cantora, Scott Swift, faz uma divertida participação como o juiz da partida de tênis.

The Rock

"The Man"/Taylor Swift/Reprodução

O astro de Hollywood Dwayne Johnson também está no clipe, mas não presencialmente. O ator emprestou sua voz para o personagem masculino de Swift.