Pabllo Vittar e Psirico no clipe de Parabéns/Sony Music

Créditos da imagem: Sony Music/Divulgação

Música

Notícia

Pabllo Vittar reclama de restrição a vídeo de “Parabéns” no YouTube

Site afirma que clipe não viola nenhuma política de conteúdo e que censura por faixa etária foi erro do responsável pelo envio

Nicolaos Garófalo
22.01.2020
01h28

Pabllo Vittar se incomodou com a restrição do clipe de “Parabéns”, nova música da cantora em parceria com Psirico, lançada na última sexta (17). De acordo com a artista, o vídeo não mostra nada demais que não seja ela segurando um copo de vodka.

Vittar afirmou que o YouTube permite que vídeos com conteúdos “mais nocivos” sejam expostos no site e acusou a plataforma de perseguição por ser drag queen, dizendo ainda que iria ainda recorrer na justiça sobre o bloqueio do vídeo.

Como resposta, o perfil oficial do YouTube brasileiro no Twitter procurou pela cantora, dizendo que tudo não passava de um mal-entendido e que o pedido de restrição de idade foi feito pelo responsável pelo envio do vídeo – confira:

Na página do vídeo, que até a publicação desta notícia seguia restrito, a mensagem “Vídeo com restrição de idade (solicitada pelo usuário que fez o envio)” podia ser vista na descrição do clipe de “Parabéns” – veja abaixo:

YouTube/Sony Music/Pabllo Vittar/Reprodução

Recentemente, a cantora foi eleita uma das líderes da próxima geração pela Revista Time. A publicação escolheu a brasileira não só por seu sucesso internacional, com contribuições com Diblo e Charli XCX, mas também por sua importância ao chamar atenção para preconceitos contra a comunidade LGBTQ+.