Evan Rachel Wood

Créditos da imagem: HBO/Divulgação

Música

Notícia

Evan Rachel Wood faz acusação de abuso contra Marilyn Manson

Em 2019, atriz revelou ter sido abusada sem nomear o músico

A cozinha
01.02.2021
09h34
Atualizada em
01.02.2021
20h09
Atualizada em 01.02.2021 às 20h09

Evan Rachel Wood, ativista e atriz conhecida por trabalhos como Westworld, se pronunciou no Instagram hoje acusando seu antigo noivo, Marilyn Manson, de abuso. A atriz, que manteve um relacionamento com o músico entre 2007 e 2010, já havia revelado ter sofrido episódios de violência doméstica no passado, mas nunca havia nomeado seu abusador. 

"O nome do meu abusador é Brian Warner, também conhecido pelo mundo como Marilyn Manson", escreveu Wood. "Ele começou a me aliciar quando eu era uma adolescente e ele abusou de mim de modo horrível por anos. Eu sofri lavagem cerebral e fui manipulada em direção a submissão. Estou farta de viver com medo de retaliação, calúnias e chantagens. Estou aqui para expor este homem perigoso e chamar atenção de muitas indústrias que permitiram seu comportamento, antes que ele arruine mais vidas. Estou com as muitas vítimas que não serão mais silenciadas"

Desde sua publicação no Instagram, diversas outras supostas vítimas de Manson também se pronunciaram. Wood compartilhou diversos relatos de terceiros em seus stories na rede social. 

[Atualização] Loma Vista/Concord Music, gravadora responsável pelo lançamento do último disco de Manson, rompeu seu contrato com o cantor. Em um comunicado oficial, o selo anunciou que tendo em vista o alto número de acusações feitas contra o músico, deixará de promover o álbum lançado por Manson em 2020. "Também decidimos que não mais trabalharemos com Marilyn Manson em projetos futuros", concluiu a Loma Vista (via Variety). [Fim da atualização]

Em 2019, Wood deu seu depoimento sobre violência doméstica em um tribunal da Califórnia, ajudando a passar uma lei que alterou a prescrição deste tipo de crime de 3 para 5 anos. Na ocasião, a atriz falou sobre sua experiência com abuso relatando casos de violência e assédio físico e moral. 

Em 2018, Manson foi acusado de assédio e racismo pela atriz Charlyne Yi, conhecida pelo papel da Dra. Chi Park na série House

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.