Como uma fanart levou um brasileiro para a Marvel

Créditos da imagem: Reprodução/Victor Hugo

HQ/Livros

Notícia

Como uma fanart levou um brasileiro para a Marvel

Victor Hugo é o primeiro capista em CGI da Marvel

Gabriel Avila
28.01.2019
16h30

Na última semana a Marvel Comics revelou as capas de Guerra dos Reinos (War of the Realms no original), nova saga que está em publicação nos EUA, e entre elas estava uma assinada pelo brasileiro Victor Hugo, que se tornou o primeiro capista 3D da editora por conta de fanarts. Victor, que já havia feito capas para a revista Jean Grey veja aqui, contou ao Omelete como surgiu o convite para criar para a Casa das Ideias: 

"O primeiro convite foi feito quando um produtor encontrou algumas fanarts minhas inspiradas em trabalhos do [artista] Skottie Young no Instagram e aí me perguntaram se eu tinha interesse em fazer as Connecting Covers da Jean. Foi um baita desafio e uma experiência MUITO legal, principalmente pela liberdade que eles dão pro artista fazer no próprio estilo - algo que pra mim era meio inimaginável já que não se vê capas 3D por ai, principalmente mais estilizadas como é meu trabalho."

Victor participou da produção de Moana para a Disney, e agora trabalha em Guerra dos Reinos e Era do X-Man (Age Of X-Man), nova saga dos mutantes. "Para esse trabalho, na verdade a Marvel comprou três das minhas fanarts pra virar variants".

O artista revela quais personagens da editora mais gosta: "Putz, dificil escolher! Hahaha! Mas acho que eu fico entre X-Men (primeira HQ que li foi Era do Apocalipse) e Homem-Aranha!".