Pantera Negra 2 | Como Killmonger pode voltar na sequência

Créditos da imagem: Pantera Negra/Marvel Studios/Reprodução

Filmes

Artigo

Pantera Negra 2 | Como Killmonger pode voltar na sequência

Marido de Angela Bassett deu com a língua nos dentes e confirmou o retorno do personagem

Mariana Canhisares
10.02.2019
12h30

Killmonger, o vilão de Michael B. Jordan em Pantera Negra, foi um óbvio destaque entre os antagonistas do Marvel Studios. Mais do que uma mera ambição ou um espírito maquiavélico, o personagem tinha motivações compreensíveis, dando mais substância ao filme e à própria evolução de T’Challa (Chadwick Boseman) como herói. Por isso, sua morte foi bastante lamentada pelos fãs. Ainda que ele quisesse resolver um problema sério pelos meios errados, Killmonger era carismático e podia contribuir muito para a expansão das histórias de Wakanda.

Porém, recentemente, novas informações deram a entender que esse pode não ter sido o final definitivo do personagem. Em entrevista ao ET, o ator Courtney B. Vance, marido de Angela Bassett, foi categórico: "todos estarão lá, incluindo Michael B. [Jordan]". Como isso seria possível?

A resposta mais óbvia seria em um flashback. T’Challa ou mesmo algum membro da sua cúpula de conselheiros, como W'Kabi (Daniel Kaluuya), poderia se lembrar do filho de N'Jobu (Sterling K. Brown) como uma inspiração para a tomada de alguma decisão ou para o enfrentamento de uma nova ameaça ao país. Outra possibilidade seria a presença de Killmonger no plano ancestral, ao lado do pai e do tio. T’Challa poderia visitá-lo atrás de ensinamentos e opiniões, frisando o impacto do embate com o primo na sua visão enquanto líder.

Evidentemente, estas duas hipóteses levam em consideração que o estalo de Thanos em Vingadores: Guerra Infinita será revertido e o rei de Wakanda estará de volta ao posto de herói. Mas há de se levar em conta que, se os heróis remanescentes de fato voltarem no tempo em Ultimato, talvez aconteçam mudanças em vários eventos importantes dos 10 anos de MCU, incluindo a própria morte de Killmonger.

Nesse caso, pode-se especular de tudo um pouco. Talvez T’Challa e Killmonger nunca cheguem a se enfrentar e, na verdade, se tornem em alguma medida aliados. Ou, então, o vilão sobreviva à luta e siga com seus planos de guerra, perdendo cada vez mais os aspectos positivos que o público enxergou nele. Quem sabe?

O que aconteceu nos quadrinhos?

Nos quadrinhos, o responsável pela ressurreição de Killmonger foi o Mandarim. Assim que voltou, o personagem se aliou à Senhora Slay e conspirou para causar a morte de T’Challa, culpando Tony Stark e o Máquina de Combate pelo ocorrido. O plano não dá certo e o Pantera Negra, que simulou sua morte, volta e acaba o derrotando novamente. Mesmo transformado em um esqueleto inanimado, Killmonger é trazido de volta à vida mais uma vez pelos seus seguidores, enfrentando o rei de Wakanda outras tantas vezes.

Adaptar isso para os cinemas parece uma possibilidade pouco realista, mas com uma viagem no tempo em jogo, praticamente tudo parece possível.

Com a trama sendo mantida em segredo, são muitas as teorias. No entanto, tendo em vista a parceria de longa data - e muito bem-sucedida, diga-se de passagem - entre o diretor Ryan Coogler e Michael B. Jordan, não é tão absurdo pensar que o cineasta queira o retorno do ator. Certamente, o personagem faria a diferença no futuro da Marvel nos cinemas.