Vingadores: Ultimato refilmou cena com heroínas por medo de parecer "gratuita"

Créditos da imagem: Cena das heroínas em Vingadores: Ultimato (Reprodução)

Filmes

Notícia

Vingadores: Ultimato refilmou cena com heroínas por medo de parecer "gratuita"

Cena nasceu a partir de foto de bastidores tirada por roteirista para mandar para filha

Caio Coletti
26.10.2021
09h04
Atualizada em
26.10.2021
10h03
Atualizada em 26.10.2021 às 10h03

A cena de Vingadores: Ultimato em que boa parte das heroínas da Marvel aparece em conjunto no mesmo take se tornou uma parte indelével do filme dos irmãos Russo, mas passou por várias modificações e até causou algumas refilmagens - isso segundo o livro The Story of Marvel Studios, que teve um trecho repercutido pelo site The Direct.

No volume, a produtora Trinh Tran conta que a ideia de fazer a cena reunindo todas as mulheres veio de uma foto tirada pelo roteirista de Thor: RagnarokCraig Kyle. Ele viu várias atrizes da Marvel reunidas no set de Ultimato, conversando, e quis registrar uma imagem do momento para enviar à sua filha.

Segundo Tran, a foto inspirou uma "expansão da batalha final de Ultimato, para incluir a reunião de todas as heroínas em um único take". No entanto, após o fim da fotografia principal e as primeiras exibições teste, os produtores tiveram medo que a cena fosse vista como "gratuita".

"Quando começamos a exibir o filme, houve alguma preocupação nesse sentido. Será que íamos ouvir pessoas dizendo que 'colocamos essa cena ali só por colocar'? Há um sentido narrativo para que esta cena exista? Isso ficou martelando no fundo das nossas cabeças", comentou Tran.

Ao invés de cortar a cena da versão final de Ultimato, no entanto, Tran e os diretores decidiram filmar alguns momentos adicionais que reuniam as heroínas da Marvel em duplas ou trios, de forma que a junção final de todas elas parecesse mais natural.

Vingadores: Ultimato foi lançado no Brasil em abril de 2019, e chegou a ocupar o posto de filme com maior bilheteria da história, arrecadando US$ 2,79 bilhões ao redor do mundo. Atualmente, perde apenas para Avatar, que soma US$ 2,84 bilhões de bilheteria. 

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.