Séries e TV

Lista

Loki | Os melhores momentos do deus da trapaça

Série do personagem estreia no Disney+ em 9 de junho

Caio Coletti
01.06.2021
16h05
Atualizada em
06.06.2021
14h51
Atualizada em 06.06.2021 às 14h51

Ele está chegando! No próximo dia 9 de junho, no Disney+, a série Loki vai colocar o personagem interpretado por Tom Hiddleston desde 2011 (quando ele estreou, em Thor) no centro dos holofotes - mas você se lembra dos momentos mais marcantes dele no Universo Cinematográfico da Marvel?

Confira a nossa Omelista dos 5 melhores momentos do Loki nos cinemas e quadrinhos no topo da página ou veja abaixo uma seleção com as suas melhores cenas no MCU:

Tomando o trono

Em Thor, sua primeira aparição no MCU, Loki já armou um plano mirabolante para "roubar" o trono do seu irmão mais velho, começando uma guerra entre Asgard e os Gigantes de Gelo que fez Thor (Chris Hemsworth) ser banido para a Terra. Quando Odin (Anthony Hopkins) entrou em um sono profundo, uma espécie de "hibernação" divina, Loki foi quem assumiu o comando de Asgard.

Entrada triunfal

Depois de ser derrotado e destituído do trono por Thor, Loki retornou em Os Vingadores (2012), exibindo os novos poderes do seu cetro ("turbinado" por uma Joia do Infinito) ao realizar controle mental em um grupo de cidadãos nas ruas da Alemanha. O discurso inesquecível sobre liberdade do deus da trapaça incluía uma ordem: "Ajoelhem-se".

Loki vs. Viúva Negra

Ainda em Os Vingadores, após ser capturado pelos heróis, Loki travou uma batalha mental contra a Viúva Negra (Scarlett Johansson), em que a heroína descobriu uma parte do plano do deus da trapaça ao deixar que ele achasse que ela estava afetada emocionalmente pelo seu discurso vilanesco. Nem sempre ele vence, galera!

"Nós temos o Hulk"

Bem que Tony Stark (Robert Downey Jr.) avisou! No meio da Batalha de Nova York, Loki foi confrontado pelo Hulk (Mark Ruffalo), fazendo toda uma bravata em que se declarava superior por ser um deus. A resposta de Hulk foi simples: uma boa e velha surra.

Uma morte nobre

Durante toda a trama de Thor: O Mundo Sombrio, as verdadeiras intenções de Loki ao ajudar Thor a vingar a mãe dos dois, Frigga (Rene Russo), são questionadas. Isso até o momento em que ele aparentemente morre ao confrontar o vilão Kurse, emocionando o irmão ao se despedir. No final do filme, no entanto, descobrimos que ele fingiu sua morte e tomou o trono de Asgard (de novo!), se disfarçando como Odin.

"Chamem ajuda!"

No terceiro filme solo do deus do trovão, Thor: Ragnarok, a aliança entre os irmãos se fortaleceu e vimos Loki liberar o seu lado "mocinho" (ainda que com algumas trapaças pelo caminho, é claro). Um momento inesquecível foi quando Thor e Loki usaram a estratégia "chamem ajuda!" para lidar com um grupo de guardas Sakarianos.

Loki vs. Thanos

Logo na primeira cena de Vingadores: Guerra Infinita, a Marvel mostrou que o vilão Thanos (Josh Brolin) não estava para brincadeira: ao invadir uma nave onde estavam os sobreviventes da destruição de Asgard, o gigante roxo matou tanto Heimdall (Idris Elba) quanto Loki, que provou seu heroísmo de uma vez por todas ao salvar a vida do irmão e desafiar Thanos até o fim. RIP!

Um novo Loki?

Mas, se ele morreu, como teremos uma série de Loki? Bom, em Vingadores: Ultimato, os heróis viajaram no tempo para reunir as Joias do Infinito, e uma das paradas foi a Batalha de Nova York, que ocorreu no primeiro filme do supergrupo. Durante uma confusão entre os Vingadores, Loki (aquele Loki bem vilanesco de 2012!) conseguiu colocar as mãos no Terreract e "fugir" pelo espaço-tempo -- são as aventuras desse personagem que veremos na série do Disney+.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.