Mangás e Animes

Notícia

Takt op. Destiny surpreende com cena emocionante

Destino finalmente foi reconhecida como merecia pelos companheiros

Diego Lima
25.11.2021
18h52

Uma tragédia importante marca o início de Takt op. Destiny, apesar da história não se levar tão a sério. Vemos o protagonista, Takt, perder uma amiga de longa data, que acaba despertando como uma MusicArt — entidades responsáveis por combater os D2, monstros que atacam qualquer lugar onde há músicas sendo tocadas.

O corpo de Cosette, a amiga de Takt que supostamente morreu durante um ataque dos D2, permanece quase intacto quando ela se torna a MusicArt chamada Destino. Entretanto, a consciência original dela parece ter se perdido para sempre. Naturalmente, Takt não reage bem à mudança, assim como Anna, irmã mais velha de Cosette.

Destino cuidando de Takt.

Destino cuidando de Takt.

Crunchyroll

A partir do momento no qual Destino nasceu, Takt se tornou um Maestro, humanos responsáveis por liderar as MusicArts nas lutas contra os D2. Sem experiência, eles partem juntos em uma aventura na qual aprendem a utilizar melhorar as próprias habilidades. O objetivo do grupo, formado por Takt, Destino e Anna, é chegar a Nova York e descobrir como Cosette se tornou Destino.

Depois da suposta morte de Cosette, tanto Takt quanto Anna passaram a tratar Destino como uma espécie de substituta temporária que estaria presa no corpo da menina. Eles não a maltratavam, evidentemente, mas sempre havia uma sensação de que ambos não se preocupavam muito com a entidade que viemos a conhecer como Destino. Eles apenas a ajudavam para preservar o corpo de Cosette, cuja consciência, eles esperam, ainda não foi embora de vez.

Cosette na abertura de Takt op. Destiny.

Cosette na abertura de Takt op. Destiny.

Crunchyroll

Passados os primeiros episódios, é difícil não sentir pena de Destino. Ela não escolheu matar Cosette e tomar conta do corpo da amiga de Takt. Aparentemente, foi tudo obra do acaso. Mesmo que o protagonista e Anna vejam o corpo da Cosette se mexendo e falando, aquela existência já tomou uma consciência completamente nova.

Eis que, no episódio 8, quando Takt e Destino estão correndo sério risco de vida, Anna finalmente reconhece quão cruel o comportamento dela pode ter sido, mesmo que a intenção dela não fosse machucar Destino. Takt, aliás, estava muito mais acostumado com chamar Destino de MusicArt Cabeça-Oca do que de Destino, simplesmente. Talvez fosse cedo demais para ele superar a perda de Cosette, mas continua sendo algo um tanto triste.

Takt e Cosette juntos.

Takt e Destino juntos em batalha.

Crunchyroll

Surpreendentemente, Destino nunca havia mostrado qualquer descontentamento ou tristeza em relação à maneira como a existência dela era, até certo ponto, desconsiderada. Entretanto, é difícil não se emocionar com a felicidade que ela sente quando Anna a abraça e pede desculpa por não estar se referindo à MusicArt da maneira correta há tanto tempo.

Não há como saber se um dia Cosette voltará. E, caso ela volte, não sabemos o que acontecerá com Destino. De qualquer forma, a maneira como o episódio mais recente do anime lidou com a identidade de Destino chegou a ser surpreendente de tão sensível.

Destino abraçando Anna.

Destino abraçando Anna, irmã de Cosette.

Crunchyroll

Novos episódios de Takt op. Destiny são lançados às terças na Crunchyroll.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.