Eminem em cena de 8 Mile - Rua das Ilusões

Créditos da imagem: Netflix/Reprodução

Filmes

Notícia

Mad Max | George Miller queria Eminem para o papel em Estrada da Fúria

Segundo o diretor, rapper chegou a ser contatado sobre o filme; papel ficou com Tom Hardy

Eduardo Pereira
09.02.2022, às 22H36

Não foi só Rihanna que quase aproximou o mundo da música com o cinema atuando em Mad Max: Estrada da Fúria (2014). Em uma das mais impressionantes revelações do livro Bood, Sweat & Chrome, sobre os bastidores do celebrado filme, o autor Kyle Buchanan revela que o diretor George Miller queria que o rapper Eminem assumisse o papel-título previamente imortalizado por Mel Gibson.

"Ele tinha feito 8 Mile - Rua das Ilusões eu eu achei aqui interessante. Pense: 'Ele tem aquela qualidade'. Nós tínhamos feito o primeiro Happy Feet com a saudosa Brittany Murphy e ela tinha feito 8 Mile, então eu a perguntei como ele era e se seria algo interessante para ele. Ela não teve reservar em falar sobre o talento incrível que ele é", afirmou o próprio Miller.

"Nós entramos em contato com ele, embora esse tenha sido o mais longe que chegamos porque filmariamos na Austrália, naquela época, e ele não queria sair de casa. Acho que ele tinha a impressão que se pudesse fazer no estado dele, toparia com certeza", completou o cineasta.

O livro revela ainda que, no final das contas, o papel de Max Rockatansky foi decidido em testes que colocaram Jeremy Renner (Gavião Arqueiro), Armie Hammer (O Cavaleiro Solitário) e Tom Hardy (Venom: Tempo de Carnificina) um contra o outro. O papel acabou ficando com Hardy depois de um teste na companhia de Hammer, onde o primeiro cuspiu no segundo, prontificando uma reação inesperada: "Quando Hardy cerrou os dentes e cuspiu no colega de cena, Hammer disse para Miller que Hardy precisava ser o Max mais do que ele", escreve Buchanan.

Em etapas anteriores, o ator britânico também superara nomes como Michael Fassbender, Joel Kinnaman e Eric Bana. "Jeremy e Armie eram igualmente incríveis, mas tinha algo sobre Tom na sala onde você sentia que ele era Max, sem dúvidas. Ele tem esse tipo de secura emocional reprimida que você encontra em um mundo pós-apocalíptico e, lá no fundo, um desdém pelo mundo. Há essa intensidade que queima através das lentes", afirmou o cinegrafista dos testes, Todd Matthew Grossman.

Mad Max: Estrada da Fúria foi lançado em 2015, com Tom Hardy e Charlize Theron nos papéis principais. O longa arrecadou mais de US$ 375 milhões nas bilheterias mundiais, e venceu 6 Oscar, sendo indicado a outros quatro, incluindo melhor filme.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.