Aves de Rapina

Créditos da imagem: HBO Max/Reprodução

Filmes

Notícia

Aves de Rapina | HBO Max substitui corte para maiores por versão censurada

Adaptação será feita em outras produções disponíveis no streaming

Nico Garófalo
26.11.2021, às 17H49
ATUALIZADA EM 26.11.2021, ÀS 18H02
ATUALIZADA EM 26.11.2021, ÀS 18H02

Um dos filmes mais divertidos do DCEU, Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa) não está mais disponível em seu corte original na HBO Max. O streaming adaptou, no mundo todo, o longa para maiores de Cathy Yan para uma versão mais censurada que diminui a violência e deixa o palavreado mais ameno. Além de falas redubladas para apagar palavrões, a nova versão também alterou algumas cenas. O exemplo mais gritante é a infame camiseta usada por Renée Montoya (Rosie Perez) após confrontar Arlequina (Margot Robbie), cujo texto “depilei minhas bolas para isso” foi borrado na edição.

Ao Omelete, a assessoria de imprensa da HBO Max no Brasil afirmou que a mudança aconteceu “para que a produção esteja compatível a todas as idades dentro da plataforma. Eventualmente, isso ocorrerá com outros títulos”. Ainda não foi informado quais outros conteúdos serão afetados e como. Perguntada se o corte original voltará a ser disponibilizado, a assessoria não respondeu.

Curiosamente, uma das cenas mais gráficas de Aves de Rapina, em que Arlequina quebra as duas pernas de um capanga do Máscara Negra (Ewan McGregor), teve apenas os palavrões removidos, mas manteve a aflitiva fratura imposta pela palhaça.

Aves de Rapina acompanha a jornada de Arlequina (Margot Robbie) após o término de sua relação com o Coringa. Com diversas gangues de Gotham em seu encalço, o caminho da Palhaça acaba se cruzando com o de Canário Negro (Jurnee Smollett-Bell), Renee Montoya (Rosie Perez) e Caçadora (Mary Elizabeth Winstead), mulheres que também estão em busca de sua liberdade.

O longa arrecadou US$201,8 milhões no mundo, partindo de um orçamento de US$84,5 milhões. O filme já está disponível em plataformas on demand e em home-video no Brasil.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.