Criador do evento bizarro de Willy Wonka se desculpa: "parecia bom no papel"

Créditos da imagem: Reprodução

Filmes

Notícia

Criador do evento bizarro de Willy Wonka se desculpa: "parecia bom no papel"

Exposição imersiva foi amplamente criticada e tomou conta da internet

Omelete
2 min de leitura
07.03.2024, às 20H01.

O criador da imersão bizarra inspirada em A Fantástica Fábrica e Chocolates, Billy Coull, lamentou a experiência do público e se desculpou. Além disso, ele pediu que a imagem das pessoas que trabalhavam no local não fosse divulgada.

“Quero estender minhas mais sinceras desculpas a cada um de vocês que estava ansioso por este evento”, escreveu ele no Facebook. “Entendo a decepção e a frustração que isso causou e, por isso, sinto muito”. Anteriormente, ele deu uma entrevista ao Sunday Times dizendo que “não previu a repercussão” e que “tudo parecia bem no papel”.

Ele continuou: “É importante para mim esclarecer que a organização e as decisões em torno deste evento foram de minha exclusiva responsabilidade. Quero deixar claro que quem foi contratado externamente ou ofereceu sua ajuda, não é afiliado a mim ou à empresa, qualquer uso de rostos pode causar sérios danos a quem não teve nenhum envolvimento na realização deste evento.” 

O evento, que tomou conta da Internet em fevereiro, utilizou obras de arte geradas por IA para convidar o público para uma experiência imersiva com o tema Willy Wonka, tirada diretamente dos filmes. Entretanto, o público encontrou um armazém decorado com artigos de lojas baratas e cheio de personagens que pareciam ter saído de filmes de terror e não das adaptações de Roald Dahl com Gene WilderJohnny Depp ou Timothée Chalamet.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.