John David Washington em Tenet

Créditos da imagem: Tenet/Warner Bros/Reprodução

Filmes

Notícia

Warner exige uso de máscaras para que cinemas dos EUA exibam Tenet

Esta é apenas uma das demandas que o estúdio faz no contrato que encaminhou aos exibidores

Mariana Canhisares
17.08.2020
12h25
Atualizada em
17.08.2020
12h25
Atualizada em 17.08.2020 às 12h25

A Warner está exigindo o cumprimento de medidas sanitárias como o uso de máscaras para que exibidores passem Tenet nos Estados Unidos. A informação foi revelada pela Indie Wire, que teve acesso ao contrato encaminhado pelo estúdio às redes de cinema.

De acordo com o documento, os cinemas precisam seguir as leis locais e se adequar aos padrões definidos pela Associação Nacional de Proprietários de Cinema - regras estas ainda não divulgadas publicamente.

O contrato enfatiza que essas exigências para a exibição de Tenet são uma maneira de responder às circunstâncias inéditas do mercado hoje, que envolvem risco comercial, a demanda incerta do público e, claro, regulações sobre saúde e segurança dos clientes.

Por enquanto, não está claro se essa medida está sendo tomada pelo estúdio no mundo todo ou especificamente nos EUA. Procurado pelo Omelete, o escritório da Warner no Brasil ainda não se manifestou sobre o assunto.

Tenet mostra uma organização capaz de inverter o fluxo do tempo e que usa esse poder para salvar pessoas de perigos eminentes. Liderado por John David Washington, o elenco conta ainda com Robert Pattinson (Crepúsculo), Elizabeth Debicki (Guardiões da Galáxia Vol. 2), Kenneth Branagh (Dunkirk), Aaron Taylor-Johnson (Vingadores: Era de Ultron), Dimple Kapadia (O Que o Coração Deseja) e Clémence Poésy (Harry Potter).

Warner Bros. anunciou nesta semana uma estratégia inusitada para o lançamento do longa. Em vem de uma só data para todo o mundo, países que obtiveram algum tipo de sucesso na luta contra a doença receberão o filme antes dos demais. Assim, a estreia foi dividida em duas fases: a primeira a partir de 26 de agosto, em países com algum grau de estabilidade; e a segunda a partir de 2 de setembro em algumas cidades dos Estados Unidos e demais territórios.

No Brasil, a estreia está marcada para 24 de setembro.