Kristen Stewart como Diana em Spencer

Créditos da imagem: NEON/Divulgação

Filmes

Notícia

Spencer | Kristen Stewart encanta críticos com atuação de Diana; veja reações

Reações do Festival de Cinema de Veneza colocam atriz na briga por vaga no Oscar

Eduardo Pereira
03.09.2021
14h41
Atualizada em
15.09.2021
16h28
Atualizada em 15.09.2021 às 16h28

Depois de surpreender com sotaque e caracterização caprichados no primeiro trailer de Spencer, drama cinebiográfico sobre a princesa Diana, Kristen Stewart está encantando críticos que puderam conferir a estreia do filme no Festival de Cinema de Veneza. Entre os elogios direcionados à atriz, estão "digna de Oscar", "deslumbrante" e a afirmação de que ela "se transforma" na figura história que interpreta. Confira abaixo algumas das reações.

Kyle Buchanan, do The New York Times, afirmou em sua crítica de Spencer que "Stewart sempre prova ser uma presença que aterra o filme, não importa o quão perdida Diana esteja. Quanto mais o filme avança, mais a escalação dela parece um toque de gênio metalinguístico: Stewart é uma das poucas pessoas da terra que sabe o que é sofrer com o escrutínio dos paparazzi de forma minimamente comparável ao enxame de flashes que rodearam Diana até sua morte".

Classificando a performance de Stewart como "digna de Oscar", Marlow Stern, do Daily Beast, diz que "ela acerta em cheio a voz sussurrada de Diana; sua postura desalinhada; sua angústia interna. Há uma musicalidade na sua performance também; um ritmo alinhado à câmera em constante movimento de Pablo Larraín. Ao longo de três dias—partindo da véspera de Natal—ela apresenta todo o escopo da jornada de Diana por autonomia e amor".

Escrevendo para o Deadline, Pete Hammond lamenta que "não pode falar o bastante sobre a performance de Stewart, fugindo de uma imitação de uma inacreditavelmente bem representada figura para a linda conquista da essência de quem ela era. É uma virada envolvente, amarga, tocante e completamente deslumbrante, levando Diana por caminhos que nunca vimos sendo conduzido desta forma em um hipnotizante retrato".

Owen Gleiberman, da Variety, destaca como Kristen Stewart "se transforma; muda seu aspecto, seu ritmo, seu karma. Assisti-la interpretar Diana ecoa, talvez, a própria relação ambivalente de Stewart com a fama—a forma na qual ela ficará em pé no pódio de uma premiação, mordendo seu lábio, habitando a atenção mesmo que esteja levemente desconfortável com ela (e mesmo enquanto faz essa falta de confiança nos holofotes uma marca de sua celebridade)". Ele completa: "No geral, entretanto, o que vemos na Diana de Stewart é uma mulher de elegância nata, com uma luminosidade que transborda dela, exceto que parte de sua essência quer esmagar essa radiância, porque sua vida se transformou em uma bagunça".

Por fim, David Rooney escreveu para o THR que "o fino trabalho de Stewart no sotaque e nos maneirismos é impecável. A câmera a adora, e ela tem experiência em ser magnética ou devastadoramente frágil". Ele ainda adiciona que "ela claramente pertence a uma outra espécie, se comparada com a crescente multidão determinada a mandar em cada movimento dela. Seu isolamento convida sentimentos ternos, mesmo quando ela está mais descontrolada".

 

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.