Shazam | Produtor explica a influência das HQs dos Novos 52

Créditos da imagem: Divulgação/DC Comics

Filmes

Notícia

Shazam | Produtor explica a influência das HQs dos Novos 52

Filme está em cartaz no Brasil

Gabriel Avila
08.04.2019
18h35
Atualizada em
08.04.2019
18h50
Atualizada em 08.04.2019 às 18h50

Com a estreia de Shazam, o Universo DC dos cinemas reforçou uma tradição em relação às HQs (via CB). Com exceção de Homem de Aço e Batman Vs Superman, todos os filmes do DCEU adaptam histórias dos Novos 52, fase dos quadrinhos que a DC Comics lançou em 2011, quando reiniciou sua cronologia, dando novas origens para seus heróis consagrados. Para Peter Safran, produtor de Aquaman e Shazam, essa influência é vital para os longas:

“Acho que são histórias realmente boas. Geoff Johns e seus colegas autores estabeleceram um tom sobre como iriam reestabelecer esses personagens e dar a eles uma nova direção. Geoff é um cara brilhante. Não estou surpreso que usamos essas histórias como guia ou base, porque ele tem uma ótima ideia de como contar uma história.”

Geoff Johns é responsável por histórias que inspiraram diretamente tanto o filme do Aquaman quanto o do próprio Shazam. Mulher-Maravilha, o filme estrelado por Gal Gadot, também adapta HQs dessa fase, escritas por Brian Azzarello.

Nos quadrinhos, toda vez que profere a palavra "Shazam", o jovem órfão Billy Batson (Asher Angel) sofre a mais notável das transformações: de um pirralho insignificante, torna-se um adulto, cujo nome é um acróstico formado pelas iniciais de Salomão, Hércules, Atlas, Zeus, Aquiles e Mercúrio. Nos quadrinhos, Shazam já demonstrou ser capaz de brigar de igual para igual com Superman, com seus poderes de relâmpagos.

Shazam! já está em cartaz no cinemas.