Alec Baldwin em cena de Dr. Death

Créditos da imagem: Peacock/Divulgação

Filmes

Notícia

Rust: Diretora de fotografia morre após disparo de arma usada por Alec Baldwin

Informações foram confirmadas à Variety pela polícia de Santa Fe; tiro foi acidental

Eduardo Pereira
22.10.2021
00h26
Atualizada em
22.10.2021
11h30
Atualizada em 22.10.2021 às 11h30

A diretora de fotografia Halyna Hutchins, que trabalhava nas filmagens do faroeste Rust, morreu após ser ferida pelo disparo do que deveria ser uma arma cenográfica usada por Alec Baldwin. O astro produz e estrela o filme, escrito e dirigido pelo diretor estreante Joel Souza. Segundo a Variety, que confirmou as informações com o Departamento do Xerife de Santa Fe, nos Estados Unidos, Souza também foi ferido pelo disparo.

O trágico incidente aconteceu nesta quinta-feira (21), durante filmagens no Rancho de Bonanza Creek, ao sul de Santa Fe. Hutchins, que tinha 42 anos, foi socorrida por helicóptero e levada ao hospital da Universidade do Novo México, em Albuquerque, onde morreu. Souza, de 48 anos, foi levado de ambulância ao centro médico St. Vincent, em Santa Fe, onde recebeu atendimento e se recupera das lesões deixadas pelo disparo. Nas redes sociais, a diretora de fotografia vinha registrando os bastidores de Rust.

Segundo o relato policial, não há dúvidas que o que atingiu tanto Hutchins quanto Souza partiu da arma cenográfica usada por Baldwin nas filmagens. Ambos "foram baleados quando uma arma cenográfica foi disparada por Alec Baldwin, de 68 anos, produtor e ator", afirmou o departamento do xerife. Ainda segundo as autoridades, o caso permanece sob "investigação aberta", mas ninguém foi preso e nenhuma queixa foi registrada.

A morte de Hutchins foi confirmada pelo departamento do Xerife e pela Guilda Internacional de Diretores de Fotografia. "Recebemos notícias devastadoras, nesta noite, que uma de nossa integrantes, Halyna Hutchins, a diretora de fotografia de uma produção chamada Rust, no Novo México, morreu por lesões que enfrentou no set", afirmou em nota John Lindley, presidente da Guilda, e Rebecca Rhine, diretora executiva.

Hutchins se formou no Instituto de Cinema Americano em 2015 e tinha trabalhado em diversos curta-metragens antes de trabalhar em Archenemy (2020), com Joe Manganiello. Em 2019, ela foi considerada uma "estrela em ascenção" pela revista American Cinematographer.

Inspirado em uma história criada por Souza e Baldwin, Rust conta a história de um infame fora-da-lei, Harland Rust (Baldwin), e a recompensa que ele teve por anos por sua cabeça. Quando seu neto distante de 13 anos, Lucas (Brady Noon), é condenado à morte por um assassinato acidental, Rust viaja para o Kansas para fugir com ele da prisão. Juntos os dois precisam escapar do lendário U.S. Marshal Wood Helm (Jensen Ackles) e do caçador de recompensas Fenton “Preacher” Lang (Travis Fimmel) que seguem em seu encalço. Segredos há muito enterrados e inesperados laços familiares vêm à tona, conforme a improvável dupla luta para sobreviver.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.