Quarteto Fantástico/Tom Hardy como Al Capone

Créditos da imagem: Twentieth Century Fox/BRON Studios

Filmes

Notícia

Fracasso de Quarteto Fantástico inspirou filme sobre Al Capone, diz diretor

Josh Trank relembra relatos sobre sua personalidade na mídia e cria paralelo com gângster ítalo-americano

Julia Sabbaga
11.05.2020
09h23

O diretor Josh Trank, conhecido pelo seu bem-sucedido filme de estreia, Poder Sem Limites, e pela malfadada nova versão de Quarteto Fantástico, disse que foi o fracasso de seu filme de heróis que inspirou seu novo longa, Capone, com Tom Hardy. O diretor explicou que os boatos que circularam sobre ele mesmo na mídia na época da produção em parceria com a Marvel fez com que ele se identificasse com o gângster [via Variety]:

"Eu não pensava em fazer um filme sobre Al Capone, isso me veio na época em que eu passei pela experiência profissional mais desastrosa da minha vida. Quarteto Fantástico tinha sido lançado e minha vida virou de cabeça para baixo", explicou.

Ele continuou, relembrando as histórias de bastidores que eram divulgadas sobre a produção: "Nos cinco meses até o lançamento de Quarteto Fantástico tiveram diversas histórias na imprensa que descreviam uma pessoa com o meu nome - Josh Trank - que era, supostamente, uma bagunça. Destruindo sets de filmage, envolvido em situações vergonhosas [...] Quando eu percebi que não poderia me defender do que estavam falando, só pude assistir a situação". 

Trank então criou um paralelo entre a sua situação e a de Al Capone, no fim de sua vida: "Eu pensei como teria sido ser Al Capone no seu fim, removido de tudo que Al Capone foi. Como será que deve ser ligar o rádio e ouvir uma versão totalmente fictícia de Al Capone? Como ele se sentiu? É daí que surgiu a ideia". 

Questionado então se ele se relaciona com o criminoso, Trank respondeu: "Não como um gângster ou um contrabandista. Eu me identifiquei com a ideia de ser uma figura pública e ter histórias suas de um modo totalmente fora do seu controle". 

O Quarteto Fantástico de Trank faturou US$ 167 milhões mundialmente para um orçamento de US$ 120 milhões (com apenas US$ 56 milhões arrecadados nos EUA). A produção passou por diversos problemas, ocasionados principalmente pelos desentendimentos entre o diretor Josh Trank e o produtor Simon Kinberg.

Capone trará Tom Hardy no papel do temido gângster americano que comandava Chicago. O elenco conta ainda com Linda CardelliniMatt DillonKyle MacLachlan e Jack Lowden

O longa ainda não tem data para chegar aos cinemas.