Além de Capone: 6 papéis em que Tom Hardy está irreconhecível

Filmes

Lista

Além de Capone: 6 papéis em que Tom Hardy está irreconhecível

Desde o começo da carreira, ator de Mad Max e Venom tem um talento para o disfarce

Julia Sabbaga
24.04.2020
14h17
Atualizada em
24.04.2020
15h08
Atualizada em 24.04.2020 às 15h08

Já faz um tempo que o talento de Tom Hardy chama atenção, mas talvez sua habilidade de transformação nunca tenha se destacado tanto quanto no novo trailer de Capone (acima), onde o ator aparece praticamente irreconhecível. Mas esta sua competência também não é nova; desde o início de sua carreira, Hardy soube muito bem se metamorfosear. 

Confira abaixo seis papéis da carreira de Tom Hardy em que ele aparece totalmente transformado:

Jornada nas Estrelas: Nêmesis (2002)

Tom Hardy era praticamente desconhecido quando conseguiu o papel em Jornada nas Estrelas: Nêmesis, longa de 2002, e tinha grandes esperanças de que este seria o início de sua jornada ao estrelato. De certa forma foi, mas certamente demorou mais do que o esperado. Nêmesis se tornou o filme menos bem-sucedido da franquia Star Trek e também não foi muito bem recebido pela crítica, o que causou diversos problemas pessoais para o ator, incluindo o término de seu relacionamento e abuso de substâncias. 

Mas sua capacidade de transformação já estava lá, demonstrada no papel do Remano Shinzon, onde aparece sem cabelo, de olhos claros, e cheio de veias aparentes na cabeça. 

Um Crime de Paixão (2003)

Na mesma época de Jornada nas Estrelas, Hardy também esteve no elenco de Um Crime de Paixão, longa de 2003 com Paul Bettany e Willem Dafoe. Aqui seu papel era bem menor do que em Jornada nas Estrelas, mas a mudança física também não foi pouca. No papel de Straw, um ator de um grupo de teatro itinerante, Hardy aparece com o rosto pintado e de cabelo comprido, totalmente diferente de mais de um jeito. 

Sucker Punch (2008)

Lá por 2008, Tom Hardy já tinha feito alguns papeis em filmes maiores como Maria Antonieta e Nem Tudo é o Que Parece, mas seu personagem em Sucker Punch (não o do Zack Snyder, outro filme com o mesmo nome) trouxe de volta seu hábito de metamorfose. No longa, Hardy aparece em menos de 2 minutos como um mecânico, mas mesmo com pouco tempo de tela ele não economizou na transformação. 

Bronson (2008)

Finalmente conquistando um papel memorável, Tom Hardy interpretou o criminoso Charles Bronson na cinebiografia Bronson, dirigida por Nicolas Winding Refn. No longa, o ator pode se divertir com diversas transformações, já que a história é contada de modo surreal, com pequenas esquetes do protagonista contando da sua vida, caracterizado de modos diferentes e caricatos. Toda sua habilidade de atuação e transformação rendeu críticas altamente positivas da sua performance. 

O Morro dos Ventos Uivantes

Como todo ator inglês que se preze, Tom Hardy já fez a sua cota de séries britânicas, e em 2009 estrelou a adaptação de O Morro dos Ventos Uivantes da ITV. No papel do protagonista Heathcliff, o ator apareceu novamente totalmente diferente, dessa vez com um cabelo mais lambido e um visual clássico. A série não rendeu muita audiência ou crítica, mas foi nesta produção que ele conheceu sua esposa, Charlotte Riley, que interpreta a protagonista Cathy.

Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge

É possível que qualquer ator que interpretasse Bane ficasse irreconhecível, afinal, a grande máscara que o vilão usa no rosto torna seu visual difícil de identificar. Mas não é apenas do rosto que estamos falando. Para viver Bane em Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge, Hardy passou por um treinamento intensivo de quatro horas por dia e engordou 14 quilos no total. Até hoje, o ator diz sentir os efeitos de seu preparo físico para o longa.