Petição a favor de James Gunn supera 70 mil assinaturas

Filmes

Notícia

Petição a favor de James Gunn supera 70 mil assinaturas

Diretor foi demitido da Disney após tweets polêmicos

Julia Sabbaga
22.07.2018
15h41
Atualizada em
23.07.2018
12h33
Atualizada em 23.07.2018 às 12h33

Uma petição online pedindo o retorno de James Gunn à Marvel foi iniciada no site Change.org e já superou 70 mil assinaturas de fãs. O diretor foi demitido da Disney após o resgate de polêmicos tweets - leia mais

Na descrição do abaixo-assinado, o criador Chandler Edwards escreveu:

"Eu sou inteligente o suficiente para saber que isso provavelmente não mudará nada, mas espero que faça a Disney perceber o erro que cometeu, e não cometer o mesmo erro novamente. 

Eu concordo com a ideia de que, se uma pessoa fala coisas estúpidas enquanto trabalha no estúdio, o estúdio tem todo direito de demiti-la por causa da controvérsia. Mas esta situação é diferente porque as piadas foram feitas antes dele trabalhar para a Disney, e eram piadas. Eu concordo com a maioria, de que as piadas de Gunn foram péssimas e sem graça, mas eram piadas. Não era uma opinião ou uma declaração, só péssimas tentativas de ser engraçado".  

Desde a demissão, diversas nomes da indústria saíram em defesa do diretor, incluindo os atores de Guardiões da Galáxia, Dave Bautista (leia aqui) e Sean Gunn, irmão de James (leia aqui).

James Gunn foi demitido da direção de Guardiões da Galáxia Vol. 3 após o resgate de antigos tweets, que faziam piadas com estupro e pedofilia (leia mais). O diretor já se pronunciou sobre a demissão, dizendo compreender as decisões do estúdio e pedindo desculpas por mensagens ofensivas - leia mais.

A Marvel Studios ainda não se pronunciou sobre as alterações na produção de Guardiões da Galáxia Vol. 3, que deveria iniciar filmagens no fim do ano. O longa tem previsão de lançamento em 2020.