Oscar adia cerimônia de entrega de prêmios honorários por surto de covid-19

Créditos da imagem: As estatuetas do Oscar (Reprodução)

Filmes

Notícia

Oscar adia cerimônia de entrega de prêmios honorários por surto de covid-19

Academia não informou quando o Governors Awards, que ocorreria em 15 de janeiro, vai acontecer

Caio Coletti
22.12.2021
16h59
Atualizada em
22.12.2021
21h25
Atualizada em 22.12.2021 às 21h25

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou hoje (22) o adiamento do Governors Awards, cerimônia tradicional de entrega dos Oscar honorários do ano, que aconteceria em 15 de janeiro. A razão citada foi o aumento de casos de covid-19 nos EUA.

"Tomamos a difícil decisão de mudar nossos planos para o Governors Awards presencial do dia 15 de janeiro. Devido às incertezas quanto às variantes [da covid-19], e ao impacto que isso pode ter em nossa comunidade, sentimos que esta é a melhor e mais segura decisão a se tomar para os nossos premiados e convidados. Traremos uma nova data em breve, conforme continuamos a priorizar a saúde e bem-estar de todos os envolvidos", disse a Academia.

Os três recipientes do Oscar honorário este ano serão Samuel L. Jackson, Liv Ullmann Elaine May, enquanto o prêmio Jean Hersholt por ações humanitárias vai para Danny Glover.

Não houve, por enquanto, alteração na agenda para a cerimônia principal do Oscar 2022, que deve ocorrer em 27 de março. Os indicados serão anunciados em 8 de fevereiro.

 

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.