Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania

Créditos da imagem: Marvel Studios/Divulgação

Filmes

Notícia

Jonathan Majors se defende em 1ª entrevista após condenação

Ator foi julgado culpado de agressão e assédio em dezembro

Omelete
3 min de leitura
08.01.2024, às 11H43.

Pouco menos de um mês depois de ser considerado culpado em caso de agressão e assédio a uma ex-namorada, Jonathan Majors deu sua primeira entrevista falando sobre a condenação. Ao Good Morning America, o ator se disse “chocado e amedrontado” após ouvir o veredito e voltou a se defender das acusações. “Fui descuidado com o coração dela, não com seu corpo”, disse ele (via Deadline).

Às câmeras do matinal, Majors deu sua versão do caso, afirmando que Grace Jabbari, sua ex, “tentou pegar meu celular. Eu segurei e puxei o celular. Ela subiu em mim, apertou meu rosto e me estapeou. É o que lembro.

O ator de Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania e Creed III também afirmou não saber como Jabbari se machucou. “Sou um atleta, um esportista, conheço meu corpo. Sei como ele se move, da minha força, ou falta dela. Nenhum desses ferimentos foi causado por mim.

À ABC, emissora que transmite Good Morning America, Brittany Henderson, advogada de Jabbari, afirmou que Majors continua fugindo da responsabilidade de seus atos. “A sua difamação do nosso sistema de júri não é diferente da atitude acima da lei que ele manteve ao longo deste processo legal… O momento destas novas declarações demonstra uma clara falta de remorso pelas ações pelas quais ele foi considerado culpado e deveria fazer as decisões de condenação são bastante fáceis para o tribunal.

Além das condenações por agressão e assédio, Majors foi inocentado de outras duas acusações: agressão intencional de terceiro grau e assédio agravado.

Confira a entrevista de Majors ao Good Morning America abaixo:

Relembre a acusação contra o ator

O ator foi preso em 25 de março de 2023, em Manhattan, por acusações de violência doméstica após uma briga com uma mulher de 30 anos, segundo o TMZ. A vítima alegou à polícia que a agressão ocorreu na noite anterior, após uma discussão. De acordo com fontes, ela apresentava ferimentos visíveis, incluindo marcas no rosto e lacerações atrás da orelha, e por isso foi levada ao hospital. Majors foi preso no local.

Um representante de Majors negou as acusações após sua liberação da custódia em 25 de março, e seu assessor contou à Variety: “Estamos ansiosos para limpar seu nome e esclarecer tudo isso”. No mês seguinte, Majors perdeu seu agente e foi dispensado de estrelar dois longas e uma campanha publicitária.

Além disso, novas denúncias de violência foram feitas contra o ator. Segundo uma reportagem da Variety, várias supostas vítimas se apresentaram após a prisão dele em março e estão cooperando com a promotoria do distrito de Manhattan.

Antes do incidente, o ator estava em ascensão em Hollywood, tendo estrelado recentemente em Creed III e Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania. Em 2021, ele recebeu uma indicação ao Emmy por seu papel em Lovecraft Country, da HBO. Recentemente, o ator foi aclamado no Festival de Sundance por seu trabalho em Magazine Dreams, — seu nome já estava sendo cogitado como um possível candidato a Melhor Ator no Oscar de 2024.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.