James Gunn

Créditos da imagem: Gage Skidmore/Flickr/Reprodução

Filmes

Notícia

Guardiões da Galáxia 3 | James Gunn fala sobre retorno: "Estou agradecido"

Cineasta foi recontratado pela Disney

Fábio de Souza Gomes
15.03.2019
16h17

James Gunn publicou um tweet onde fala sobre o apoio dos fãs e agradece a Disney pela oportunidade de voltar a dirigir Guardiões da Galáxia 3. Confira:

“Estou tremendamente agradecido a todas as pessoas que me apoiaram ao longo dos últimos meses. Estou sempre aprendendo e continuarei a trabalhar para me tornar o melhor ser humano que posso ser. Eu agradeço profundamente a decisão da Disney e estou animado em continuar a fazer esses filmes que investigam as conexões de amor que nos une. Eu fui, e continuo totalmente humilde pelo seu amor e apoio. Do fundo do meu coração, obrigado. Amor para todos vocês”.

O presidente do Walt Disney Studios Alan Horn, que havia decidido demitir o cineasta em julho com o resgate de tweets polêmicos antigos de Gunn, mudou de ideia depois de uma série de encontros com o diretor e o pedido de desculpas público dele – leia mais.

James Gunn foi dispensado de Guardiões da Galáxia Vol. 3 quando dezenas de tweets dele de quase uma década atrás foram resgatados. Os posts faziam comentários ofensivos em tom de piada sobre assuntos delicados como pedofilia e estupro e foram trazidos à tona por membros da alt-right, o movimento conservador formado pelos supremacistas brancos norte-americanos.

O estúdio agiu rapidamente e removeu Gunn da direção da terceira parte da franquia, acreditando que os comentários, apesar de antigos, eram inaceitáveis e não estavam de acordo com a imagem pública da Disney. Gunn se desculpou pelos comentários, e, desde então,recebeu apoio de fãs e de todo o elenco de Guardiões da Galáxia.