Funcionários esquecem última sessão e público fica preso em cinema do RJ

Filmes

Notícia

Funcionários esquecem última sessão e público fica preso em cinema do RJ

Caso aconteceu no último sábado (27), no Estação Net Rio

Omelete
2 min de leitura
01.02.2024, às 17H40.
Atualizada em 01.02.2024, ÀS 17H57

O público que foi ao Estação Net Rio para assistir à última sessão de Os Rejeitados no sábado (27) viveu momentos dignos dos filmes de Hollywood. Os funcionários do cinema, localizado na rua Voluntários da Pátria, no Rio de Janeiro, esqueceram que ainda havia um longa em exibição e foram embora, deixando os espectadores presos no local.

Em relato ao jornal O Globo, alguns dos espectadores esquecidos no cinema explicaram que só perceberam a situação inusitada após o final do filme. As luzes da sala não se acenderam, o que os obrigou a encontrar saída no escuro com a ajuda das luzes de celulares. Ao chegarem ao saguão, encontraram as portas do cinema trancadas.

Uma coincidência do incidente foi a sessão em questão, do novo filme de Alexander Payne. "Olha, que drama, né? A gente ficou sem ação, desesperado. Havíamos acabado de assistir ao filme Os Rejeitados. E nos sentimos assim: rejeitados", disse uma das pessoas do público esquecido ao Globo. 

Presas no local, as pessoas começaram a ligar para a polícia e os bombeiros para buscar ajuda. À publicação, uma das espectadoras explicou que tentou acionar transeuntes que passavam em frente ao Estação Net Rio, mas, por medo, ninguém os ajudou.

O grupo só foi solto após a notícia chegar ao Estação Net Botafogo, cinema gerenciado pelo mesmo grupo e localizado a poucos metros de distância. Os mesmos funcionários que fecharam o Estação Net Rio estavam no local e retornaram para abrir as portas assim que souberam da confusão.

Segundo O Globo, os funcionários que fecharam o cinema foram afastados temporariamente de suas funções. Em contato com o jornal, Adriana Rattes, sócia-fundadora do Grupo Estação, lamentou o ocorrido e disse estar buscando formas de compensar as pessoas que ficaram presas no local.

"Além do pedido de desculpas, queremos tentar oferecer alguma coisa que seja uma gentileza para o público, depois desse transtorno tão grande. Não quer dizer que resolveremos ou compensaremos esse problema... Mas queremos mostrar que, sim, estamos muito preocupados com o o que aconteceu, chateados", disse.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.