Era Uma Vez Em... Hollywood: filha de Bruce Lee quer que Tarantino peça desculpa

Filmes

Notícia

Era Uma Vez Em... Hollywood: filha de Bruce Lee quer que Tarantino peça desculpa

Shannon Lee respondeu à réplica do diretor sobre cena com o ator

Julia Sabbaga
14.08.2019
20h16

Depois de Quentin Tarantino ter justificado o retrato do personagem de Bruce Lee em Era Uma Vez Em... Hollywood, respondendo críticas recebidas pela filha do ator, Shannon Lee agora replicou o diretor dizendo que ele deveria "ficar quieto". Lee ainda disse que esperaria um pedido de desculpas por parte do diretor. 

Após a estreia do filme, Shannon se pronunciou contra a cena que traz Mike Moh no papel do ator e lutador de artes marciais, tendo considerado o personagem uma ofensa ao seu pai. Segundo Shannon, o que incomodou foi o retrato de Bruce Lee como arrogante. Depois do pronunciamento, Tarantino respondeu defendendo a personalidade colocada na tela, ainda justificando a inclusão de uma fala específica em que o personagem diz que derrotaria Muhammad Ali: "Não só ele disse isso, sua esposa disse isso", explicou o diretor. Tarantino ainda se explicou argumentando que a representação é fictícia - leia mais. 

Agora, Shannon respondeu à nova declaração do diretor, dizendo à Variety que Taranino "poderia ficar quieto. Isto seria ótimo. Ou ele poderia se desculpar, ou ele poderia dizer 'eu não sei como era Bruce Lee. Eu só escrevi para o meu filme. Mas isso não deveria ser considerado como ele era de verdade'". 

"Uma das coisas problemáticas de sua resposta é que, por um lado, ele coloca como fato, e por outro, ele quer que fique na ficção", ela explicou. "Ele pode retratar Bruce Lee como ele quiser, e foi isso que ele fez. Mas é um pouco dissimulado da parte dele dizer 'ele era assim, mas este é um filme de ficção, então não se preocupe com isso"". 

Com Leonardo DiCaprioBrad Pitt Margot Robbie no elenco principal, Era Uma Vez Em... Hollywood acompanha Rick Dalton, ex-astro de uma série de TV, e seu dublê de longa data, Cliff Booth, durante o ano de 1969. A estreia no Brasil está marcada para 15 de agosto.