Era Uma Vez Em... Hollywood | Filha de Bruce Lee critica representação do ator

Filmes

Notícia

Era Uma Vez Em... Hollywood | Filha de Bruce Lee critica representação do ator

Longa de Quentin Tarantino traz Mike Moh no papel de Lee

Julia Sabbaga
30.07.2019
13h21

[Possíveis spoilers abaixo]

A filha de Bruce Lee, Shannon Lee, criticou Quentin Tarantino pela representação de seu pai no último longa do diretor, Era Uma Vez Em... Hollywood. Descrevendo ao The Wrap o momento como "desconfortável" e que retrata Bruce Lee de um jeito ofensivo, Shannon falou sobre a cena, que traz o ator Mike Moh no papel de Lee:

"Ele parece um idiota arrogante e cheio de exibicionismo. E não como alguém que teve que batalhar três vezes mais duro do que qualquer uma daquelas pessoas, para conseguir o que para alguns veio naturalmente". Ela continuou, descrevendo a cena em que Lee desafia o personagem de Brad PittCliff Booth, à uma luta: "Ele é o que está cheio de exagero desafiando Brad Pitt. O que não é como ele era".

"Eu consigo entender as razões por trás do que está retratado no filme. Eu entendo o que os dois personagens representam como anti-heróis, e que é como uma fantasia do que poderia ter acontecido. E eles estão representando um período do tempo que claramente tinha muito racismo e exclusão. Eu entendo que eles quiseram fazer o personagem de Brad Pitt um grande durão que poderia derrotar Bruce Lee. Mas não precisavam tratá-lo do modo que Hollywood branca tratava ele quando estava vivo". 

Shannon ainda falou de sua própria experiência no cinema: "Eu fiquei muito desconfortável sentada no cinema ouvindo as pessoas rirem do meu pai". 

Com Leonardo DiCaprioBrad Pitt e Margot Robbie no elenco principal, Era Uma Vez Em... Hollywood acompanha Rick Dalton, ex-astro de uma série de TV, e seu dublê de longa data, Cliff Booth, durante o ano de 1969.

A estreia no Brasil está marcada para 15 de agosto.