Ryan Reynolds como Deadpool em Deadpool 2

Créditos da imagem: Deadpool 2/Divulgação

Filmes

Notícia

Criador do Deadpool reafirma que não deve haver novo filme

"e está tudo bem", tranquilizou Rob Liefeld

Arthur Eloi
15.07.2020
14h22

Rob Liefeld, o criador do Deadpool, havia deixado a entender que não haveria mais filmes do Mercenário Tagarela após a aquisição da 20th Century Fox pela Disney. Agora, Liefeld voltou a falar do assunto, reafirmando que não vê futuro pros filmes-solo do anti-herói, e que está confortável com a ideia [via Collider].

Quer saber? Não deve haver outro filme do Deadpool, e está tudo bem”, falou. “Pelo fato de que vivo sabendo que tive duas experiências incríveis, dois filmes que me encheram de orgulho, amei conhecer todos da produção. Amo Ryan Reynolds, Josh Brolin, Zazie Beets e os diretores David Leitch e Tim Miller. O trabalho que eles fizeram foi fantástico, e esses filmes estão aqui para aguentar o passar dos tempos. Você sabe, nada é garantido no mundo em que vivemos. E é preciso de muito para fazer um filme. Ainda mais no pós-quarentena. Vai ser estranho.

Não é certo como a dinâmica funcionará a partir de agora, já que o personagem antes era parte do universo de filmes da Fox, ao lado dos X-Men. Agora o Mercenário Tagarela pode se juntar ao MCU, mas não se sabe se isso afetará o estilo dos filmes: sendo para maiores, Deadpool é conhecido por muitos palavrões e cenas de violência, algo que não está presentes nas produções da Marvel.

Ainda não há previsão de estreia ou detalhes adicionais para Deadpool 3. Seu antecessor, Deadpool 2, superou o original e foi, temporariamente, a maior bilheteria mundial de um filme para maiores. O recorde foi quebrado em 2019 por Coringa, dirigido por Todd Phillips.