Montagem com cena de Rudy Giuliani em Borat 2 e cartaz do filme

Créditos da imagem: Divulgação/Prime Video

Filmes

Notícia

Borat 2 | Produtora afirma que Rudy Giuliani tentou prender equipe do filme

Ex-prefeito de Nova York teria alegado extorsão por parte dos realizadores

Gabriel Avila
20.03.2021
21h02

O ex-prefeito de Nova York Rudy Giuliani tentou fazer com que a equipe de Borat 2 fosse presa após a famosa pegadinha que encerra o filme. De acordo com o Deadline, a produtora Monica Levinson revelou que o político acusou a produção de extorsão para alguns de seus contatos na polícia da cidade:

“Ele alegou que estávamos tentando extorsão, mas não pedimos nada. Ele ligou para todos seus policiais em Nova York e falou em extorsão, o que é um crime federal. Muito esperto inventar isso.”

Apesar de a equipe não ter sido presa pela polícia, Levinson afirma que o próprio hotel impediu que a equipe deixasse o quarto em que ocorreu a falsa entrevista com Giuliani. Independente do desfecho, o time achou melhor se precaver e transferiu as filmagens logo que o tumulto começou.

Borat 2: Fita de Cinema Seguinte foi filmado em segredo e é uma sequência direta do longa de 2006. Recentemente, o presidente dos EUA, Donald Trump, criticou Sasha Baron Cohen pelo filme.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.