Filmes

Notícia

Borat 2 | Governo do Cazaquistão adota bordão do personagem como slogan

País aproveitou a estreia do novo filme para promover sua imagem

Gabriel Avila
26.10.2020
12h55
Atualizada em
26.10.2020
13h36
Atualizada em 26.10.2020 às 13h36

A estreia de Borat 2: Fita de Cinema Seguinte trouxe uma inesperada reviravolta vinda do Cazaquistão do mundo real. O país, que é retratado de forma fictícia pelos filmes de Sacha Baron Cohen, resolveu adotar o bordão “Very Nice” (Muito Legal, em tradução livre) como slogan de turismo. O governo divulgou um vídeo com curtos comerciais de TV que apresentam suas belezas naturais e culturais com a famosa frase. Confira acima.

Vale lembrar que na época da estreia do primeiro filme de Borat, em 2006, o governo do Cazaquistão não teve uma reação muito positiva. A produção chegou a ser banida no país, além de inspirar uma série de campanhas de publicidade para “limpar” a visão que o mundo passou a ter do lugar. A recepção foi se transformando com o tempo, com muitas figuras políticas celebrando que o filme colocou o país no mapa.

Em um comunicado ao The New York Times, Sacha Baron Cohen celebrou a cultura do país. “Isso é uma comédia, e o Cazaquistão do filme não tem nada a ver com o do mundo real. Escolhi o Cazaquistão porque era um lugar que quase ninguém nos EUA conhecia, o que nos permitiu criar um mundo selvagem, cômico e falso. O Cazaquistão real é um belo país com uma sociedade orgulhosa e moderna - o oposto da versão de Borat”.

Filmado em segredo, Borat 2: Fita de Cinema Seguinte já está disponível no Amazon Prime Video.

Assista no Prime Video

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.