Cristoph Waltz como Dyson Ido em Alita

Créditos da imagem: Alita: Anjo de Batalha/Divulgação

Filmes

Notícia

Alita: Anjo de Batalha | Christoph Waltz diz que voltaria para sequência

"Eu adorei, tanto trabalhar no filme quanto o resultado", falou o ator

Arthur Eloi
07.04.2020
15h05

Adaptação do mangá de mesmo nome, Alita: Anjo de Batalha teve boa resposta da crítica e uma bilheteria sólida, mas não o suficiente para garantir uma sequência - especialmente após a 20th Century Fox, que produziu o longa, ser comprada pela Disney. Os fãs e a atriz Rosa Salazar, que interpretou a protagonista, se juntaram para fazer campanha em prol de uma continuação. Agora Christoph Waltz - que viveu o doutor Dyson Ido - também se juntou ao movimento.

Quando perguntado pelo Collider se voltaria para um novo filme de Alita, Waltz respondeu de imediato: “É claro! É claro que eu voltaria! Mas sei o tanto quanto você. Não ouvi nada a respeito, e isso me deixa um pouco desapontado e um pouco surpreso, porque sei que tem bastante fãs. Sei que o público gostou e, além disso, eu adorei - tanto trabalhar no filme quanto o resultado.

Mas Waltz explica que há um problema maior em conseguir aprovar a continuação agora: “Sabe, era da Fox e agora a Fox não existe mais. Agora é da Disney. Talvez não se encaixe em toda a ‘Disneyficação’, mas não tenho certeza. Talvez eles estejam trabalhando em algo e só não me avisaram.

Alita: Anjo de Combate, baseado no mangá Battle Angel Alita, conta a história da personagem-título, que vive em um mundo cyberpunk ambientado no século 26. Na trama, o caçador de recompensas Daisuke Ido encontra uma ciborgue avariada e resolve tratá-la como filha, dando-lhe o nome de Alita. Inspirada no pai adotivo, a menina eletrônica decide, então, seguir seus passos e tornar-se também uma caçadora. O filme fez US$ 404 milhões na bilheteria mundial, e está disponível nas plataformas digitais e também em mídia física.