Filmes

Vídeo

Lanterna Verde | Omelete Entrevista Blake Lively

Atriz diz que se surpreendeu com o fanatismo das pessoas com a série e fala que gostaria de fazer uma vilã na sequência

Equipe Omelete
24.08.2011
12h44
Atualizada em
21.09.2014
17h14
Atualizada em 21.09.2014 às 17h14

Lanterna Verde está em cartaz no Brasil com cópias 2D e 3D. No filme, Ryan Reynolds interpreta Hal Jordan, o primeiro ser humano a ter a honra de usar o anel da Tropa dos Lanternas Verdes. Ao seu lado está Blake Lively interpretando a bela Carol Ferris, filha do empregador de Jordan, também pilota e interesse romântico. O Omelete visitou o set de filmagens e depois voltou a conversar com o elenco do filme na época de seu lançamento nos Estados Unidos. Veja abaixo como foi o nosso novo encontro com a atriz de Gossip Girl.

Os poderes do anel são definidos apenas pela imaginação e força de vontade. É mais ou menos o que acontece com a computação gráfica, você não acha?

Exato. Acho sim.

Você se divertiu com a computação gráfica, atuando naquele fundo verde?

Eu adorei! Mas é realmente um desafio atuar em um cenário que é uma tela azul, pois todo o propósito e razão daquilo estar ali é porque se trata de algo que não podemos criar com nossas mãos, mas com nossa imaginação. Então, o fato de você ter de reagir à coisa mais assustadora que você já viu na vida, mais até do que pode imaginar e é somente uma parede azul, definitivamente é um desafio. E também me diverti muito quando estava na plateia, pois quando vi o filme, dois dias atrás, era como se eu não estivesse nele, sabe? Porque tudo o que eu vi era novo. Não era o que eu tinha visto no set aquele dia. E os artistas que trabalharam neste filme possuem a imaginação muito maior que a minha. Sei disso porque foi muito incrível o que eles fizeram com este filme. Eu ainda sinto muito orgulho de ter contribuído um pouco nisso.

Você já conhecia os quadrinhos antes de entrar para o elenco?

Na verdade, eu não conhecia.  E isso foi muito empolgante para mim, porque descobri que, assim como eu, há toda uma geração mais jovem que não sabe nada sobre esta HQ. Mas também percebi muito rapidamente que existe uma grande base de fãs. Eu pensava: "Poxa, ninguém nunca ouviu falar em Lanterna Verde". Mas rapidamente percebi o quão errada eu estava. Algumas pessoas apareceram do nada e surtaram por eu estar neste filme. Pessoas que eu conhecia muito bem, há muitos anos, revelaram-se malucos fanáticos por Lanterna Verde. Na verdade, um dia eu cheguei em casa e havia um anel da Safira Estrela esperando por mim na frente da minha porta, poucos dias depois de anunciarem que eu estaria neste filme. Eu não faço ideia quem sabe que eu moro lá. Eu não tenho ideia... Foi uma coisa muito assustadora. Mas foi legal descobrir a enorme base de fãs que existe.

Você está ansiosa para usar este anel da Safira Estrela numa continuação?

Adoraria! Se continuarmos a fazer estes filmes eu adoraria fazer uma vilã. Ver as sequências de ação que Ryan teve que fazer. E ele era muito empenhado em tudo o que fazia. Ele treinou muito, fez muita ginástica antes deste filme. É a primeira vez que alguém voa de verdade num filme desde o primeiro Superman (1978). Ele voava por fios, não era computação gráfica. Quer dizer, o mundo ao redor dele era, mas ele estava realmente voando. Eu adoraria ser capaz  de fazer coisas como aquela. Pense: depois de sair de lá sabendo lutar com espadas ou voar seria muito útil na vida real.

Eu não sei se você sabe que a DC está relançando todos os títulos. E uma das coisas que eles pretendem é cobrir um pouco mais as heroínas e vilãs. Então acho que você não vai precisar batalhar seminua como a Safira Estrela.

O traje da Safira Estrela é muito estratégico numa luta. Eu não consigo imaginar como não acontecem acidentes o tempo todo. Mas o bom é que os trajes aqui são todos feitos em computação gráfica. Então eu teria que vestir uma roupa estranha de captura de movimentos cheia de bolinhas, e não precisaria ficar correndo por aí com tiras de látex.

E agora que você conhece  o universo do Lanterna Verde, qual é sua parte favorita dele?

Eu adoro que a história se passa em muitos mundos diferentes. Que não é algo que se passa somente no planeta Terra. Existem galáxias inteiras, diferentes planetas e diferentes espécies alienígenas. Mas também toda a mágica não se passa só lá no espaço. Não é tão sobrenatural, pois eles são heróis de verdade, eles são pilotos de caça. A ação que acontece na Terra é tão empolgante quanto a outra. As lutas de caça e os jatos. E eu acho que isso é muito legal  porque você tem o dobro de emoções. E quando estou na plateia é esse tipo de coisa que eu realmente gosto.

Obrigado.

Obrigada, foi ótimo falar com você.

A Warner Bros. produz Lanterna Verde (Green Lantern, 2011), adaptação live-action para os cinemas da série em quadrinhos. Lanterna Verde conta como Hal Jordan (Ryan Reynolds) se tornou um dos Lanternas Verdes, integrantes de uma tropa que jurou manter a ordem no Universo, policiando galáxias - um equilíbrio que periga ruir com a ameaça do inimigo Parallax.

Dirigido por Martin Campbell (007 - Cassino Royale), Lanterna Verde já está em cartaz em cópias 2D e 3D.

Lanterna Verde | Crítica - Novo!
Lanterna Verde | Omelete entrevista Mark Strong (vídeo)

Lanterna Verde | Omelete entrevista Ryan Reynolds (vídeo)
Lanterna Verde | Da Frigideira
(primeiras impressões)
Lanterna Verde | Omelete entrevista Mark Strong (Sinestro)
Lanterna Verde | Omelete entrevista Ryan Reynolds (Hal Jordan)
Lanterna Verde | Omelete entrevista o diretor Martin Campbell
Lanterna Verde | Omelete entrevista o produtor Donald De Line
Lanterna Verde | Assista aos clipes do filme
Lanterna Verde | Visita ao set de filmagens
Lanterna Verde | Entrevista com o elenco

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.