Foto de Empire

Créditos da imagem: Empire/Fox/Divulgação

Séries e TV

Notícia

Empire | Ator Jussie Smollett é hospitalizado após sofrer crime de ódio nos EUA

Intérprete de Jamal ouviu gritos homofóbicos e racistas dos agressores

A cozinha
01.02.2019
14h48
Atualizada em
14.02.2019
22h52
Atualizada em 14.02.2019 às 22h52

[Atualização 14/02] Dois jornais de Chicago - a ABC 7 e a CBS - afirmaram que o ataque, na verdade, foi forjado por Smollett. A polícia está investigando a possibilidade - mas afirma que ainda não há evidências para comprovar como farsa - saiba mais. [Fim da atualização]

[Atualização 01/02] Smollett se pronunciou sobre o ocorrido em comunicado à Essence. Leia abaixo:

"Deixe me começar dizendo que estou bem. Meu corpo é forte, mas minha alma é mais ainda. Mais importante eu quero dizer obrigado. A quantidade de amor e apoio que recebi significa muito mais do que eu conseguiria colocar em palavras. Estou trabalhando com as autoridades e sempre fui fatual e consisente em todos os níveis. Apesar das minhas frustrações e profundas preocupações com algumas imprecisões e representações errôneas que se espalharam, eu ainda acredito que a justiça será servida.

Como minha família afirmou, esse tipo de ataque covarde está acontecendo com minhas irmãs, irmãos e primxs diariamente. Meu caso não pode ou deve ser visto como algo isolado. Vamos conversar em breve e contarei todos os detalhes desse incidente terrível, mas eu preciso de um momento para processar. Mais importante durante as épocas de trauma, luto e dor, é que ainda há uma responsabilidade para seguir com amor. É tudo que eu sei, e isso não pode ser tirado de mim." [Fim da atualização]

O ator Jussie Smollett, conhecido pelo papel de Jamal em Empire, foi hospitalizado após ser vítima de um aparente crime de ódio nos EUA (via HuffPost).

Ele estava em Chicago quando foi abordado por dois homens que fizeram ofensas racistas e homofóbicas (o ator assumiu a homossexualidade em 2015, no programa de Ellen DeGeneres). Os dois bateram no ator, amarraram uma corda ao redor de seu pescoço e jogaram uma substância química, posteriormente descoberta como alvejante, o que aumenta o teor racista do ataque.

Segundo o TMZ, um dos homens teria dito a frase “Essa é o país MAGA”, fazendo referência à frase “Make America Great Again”, utilizada por Donald Trump durante sua campanha. Smollett teve alta do hospital logo em seguida e a polícia local afirma que ele estava em “uma boa condição”.

Além das autoridades de Chicago, o FBI também fará parte da investigação, já que o ator recebeu uma carta com ameaças antes de ser atacado. A divisão de TV da Fox e a Fox Entertainment divulgaram um comunicado em que afirmam estar “profundamente tristes e indignados” com o ataque. “Enviamos todo o nosso amor a Jussie, que é resiliente e forte, e vamos trabalhar com as autoridades para levar os responsáveis à justiça. Todo o estúdio, canal e produção estão unidos em face de qualquer ato desprezível de violência e ódio – especialmente contra um dos nossos”.

Nas redes sociais, astros de Hollywood condenaram o ataque:

“Isso é desolador e assustador... Por favor, prestem atenção no que está acontecendo aqui. Enviando todo o meu amor para Jussie Smollett”.

“Enviando todo o meu amor para Jussie Smollett hoje. E por favor, ensinem suas crianças os princípios básicos de amor, bondade e respeito por todos os seres humanos”.

“Espero que Jusse Smollett esteja bem e espero que a polícia de Chicago encontre os animais que fizeram isso a ele”.

“Isso me deixa doente. Jussie Smollett, estamos todos com você hoje meu amigo. Enviando amor sem limites para você hoje. Meu coração está partido por você e por um país onde esse tipo de coisa ainda pode acontecer regularmente”.