“Doctor Who é maior que minha escalação”, diz Jodie Whittaker

Créditos da imagem: Doctor Who/BBC/Divulgação

Séries e TV

Notícia

“Doctor Who é maior que minha escalação”, diz Jodie Whittaker

Atriz contou ao Omelete como foi protagonizar o maior retorno do Doutor nas telas

Julia Sabbaga
30.01.2020
12h41

Jodie Whittaker já está no papel protagonista de Doctor Who há mais de um ano, mas seria impossível conversar com a primeira Doctor mulher da história da série sem relembrar sua chamativa escalação. Lá em 2017, quando a BBC anunciou a primeira mudança de gênero de seu principal Senhor do Tempo, a recepção da notícia dividiu fãs, chegando a intimidar alguns e empoderar outros. Por isso, mesmo daqui a 10 anos e diversas encarnações futuras de Doctor Who, a entrada de Whittaker será sempre relembrada como uma fase absolutamente nova da aventura sci-fi. 

Mesmo assim, a atriz não parece relembrar o marco como uma bomba no mundo do entretenimento. Sentada para conversar com o Omelete ao lado de seus colegas de elenco Mandip Gill (Yasmin) e Tosin Cole (Ryan), Whittaker preferiu falar de toda equipe envolvida do que de si mesma. “Eu apenas recebo o louvor, mas muitas outras pessoas contribuíram para isso”, disse. Whittaker não chegou a mencionar seu próprio nervosismo e desconversou quando questionada sobre o que isso significa para ela mesma, falando sempre em nome do elenco como um todo: “somos apenas um elemento minúsculo de algo que tem uma magnitude muito grande. O brilhante da série é que ela supera a minha escalação”, ela concluiu. 

A atriz só falou sobre a reação dos Whovians quando explicou como lida com os comentários online, dizendo que ter o contato direto com os fãs pode ser algo difícil de lidar. Mesmo assim, Whittaker reiterou que os comentários são, em sua maioria, positivos. “Existe uma pressão, mas não o suficiente para querer sair das mídias sociais. Ninguém é realmente malvado ou vem, ativamente, na nossa página para ser abusivo”. Ela ainda revelou que, enquanto antes ela evitava entrar para ler os comentários, agora isso faz parte. “Você não sabe o que as pessoas vão falar! Antes eu não lia, mas eles são tão interessados, tão leais", explicou.

A química entre os três atores do elenco era leve e positiva durante toda a conversa, e a entrevista parava diversos momentos em que o trio tinha um ataque de riso, relembrando momentos de filmagens ou o sucesso do 11º ano, cujo primeiro episódio marcou como o maior sucesso de audiência de estreia de um novo Doctor. “Aquele episódio, para nós, foi massivo”, disse Whittaker.  “Eu não sabia que tinha sido a maior audiência!”, exclamou Gill. “Mas é possível assistir em qualquer formato e em qualquer lugar, então isso está fora das nossas mãos”, continuou. Isto, a Doutora interpretou perfeitamente: “que a série possa ser vista por tanta gente, no mundo inteiro, de diversos modos, coletivamente, não importa a cidade ou contexto, é o que resume sobre o que é Doctor Who: inclusão sem fronteiras”. 

A 12ª temporada de Doctor Who estreia em 31 de janeiro no Globoplay, e os episódios serão disponibilizados semanalmente. A plataforma já disponibilizou as temporadas anteriores em seu catálogo.