Pacificador/Esquadrão Suicida

Créditos da imagem: HBO Max/DC Comics/Divulgação

Séries e TV

Artigo

Pacificador | Conheça Auggie Smith, supremacista pai do protagonista

Versão das telinhas de Wolfgang Schmidt será o vilão Dragão Branco do DCEU

Nico Garófalo
17.01.2022, às 18H41

Pacificador estreou na última quinta-feira (13) na HBO Max, apresentando para o público um pouco mais da vida do mercenário vivido por John Cena, incluindo seu pai, August “Auggie” Smith, interpretado por Robert Patrick. O personagem, um supremacista branco que doutrinou o filho para acreditar que assassinar minorias faria bem para seu país, foi adaptado por James Gunn para se adequar ao crescimento recente de movimentos preconceituosos de extrema-direita nos Estados Unidos, mas a versão do DCEU não está nada longe de sua contraparte dos quadrinhos.

Nos gibis, Wolfgang Schmidt era um comandante nazista responsável por um campo de concentração na Polônia. Após o final da Segunda Guerra Mundial, ele conheceu Elizabeth Lewis, autora de livros infantis, com quem teve um filho: Christopher Smith, que eventualmente se tornaria o Pacificador. Morando na Áustria, ele se estabeleceu como um grande industrialista à frente da Smith Enterprises Ltd., mas perdeu todo o seu prestígio quando seu passado no exército alemão foi revelado para o mundo. Não conseguindo lidar com essa exposição, Schmidt se suicidou quando Christopher tinha apenas cinco anos.

Presente no momento que o pai tirou a própria vida, Christopher acabou ficando com sequelas psicológicas sérias. Além de se tornar um jovem extremamente violento, o rapaz também passou a ver Wolfgang em alucinações. Trajado com sua farda da SS, “Schmidt” passou anos doutrinando o filho nos ideais nazistas, levando-o a se tornar o mercenário que eventualmente se juntaria ao Esquadrão Suicida.

Dragão Branco

Como Schmidt tem uma história relativamente curta nos quadrinhos, Gunn trouxe outro nome desconhecido, porém extremamente atrelado a instituições racistas, da DC para melhor construir Auggie Smith em Pacificador. No segundo episódio da série, o pai do protagonista é recebido na cadeia por diversos presos que o chamam de Dragão Branco, codinome usado por vilões racistas nos gibis da editora.

O primeiro personagem a usar o manto foi William Heller, neto de um soldado nazista que, assim como o Pacificador, foi doutrinado em crensas racistas e xonofóbica durante sua infância e juventude. Já adulto, ele passou a atuar como vigilante, matando e prendendo criminosos negros, latinos e asiáticos, mas ajudando fugitivos brancos a encontrarem abrigo com o Império Ariano.

Depois de um tempo, Heller passou a atuar sob o codinome de Dragão Branco, nome criado em alusão aos títulos usados por membros da Ku Klux Klan. Usando uma armadura tecnológica equipada com diversas armas, ele se uniu ao grupo supremacista Quarto Reich para perseguir e matar os descendentes da Sociedade da Justiça. Derrotado pelo Gavião Negro, Heller foi preso e, eventualmente convocado por Amanda Waller para o Esquadrão Suicida.

Heller morreu quando, ao lado de General Wade Eiling, se voltou contra Waller e o resto do Esquadrão. Durante o combate, ele foi explodido dentro da própria armadura por Plastique.

O segundo Dragão Branco foi Daniel Ducannon, um meta-humano com poderes de pirocinese (controle do fogo) e voo. Manipulador, ele usou a mídia para construir uma imagem heróica, apesar de atuar exclusivamente contra minorias. À medida que seu comportamento foi se tornando mais e mais violento, chegando a incendiar todo um bairro de baixa renda em Chicago, Ducannon entrou em combate com a Mulher-Gavião, que expôs a ideologia doentia do vilão.

Seguindo os passos de Heller, o Ducannon também se juntou ao Quarto Reich e acabou sendo derrotado pela Sociedade da Justiça.

Em Pacificador

Como já ficou claro nos primeiros episódios de Pacificador, Auggie é um grande inventor, capaz de construir armas dos mais diversos tipos, o que abre as portas para que ele crie um traje tecnológico nos padrões de Heller e Ducannon. Seguindo as pistas deixadas pela série, não é arriscado esperar que ele deixe a cadeia e, com sua armadura, tente atacar o Pacificador e seus colegas ao fim da temporada.

Existe também a possibilidade de seus companheiros de cadeia serem a versão do DCEU do Quarto Reich. Caso o grupo realmente seja formado em Pacificador, é possível que ele retorne no futuro da franquia, que também está prestes a apresentar sua versão da Sociedade da Justiça em Adão Negro.

Pacificador conta com James Gunn no roteiro de todos os episódios. Ele também dirige alguns capítulos, ao lado de nomes como Jody Hill, Brad Anderson e Rosemary Rodriguez.

O elenco inclui, além do protagonista John Cena, nomes como Freddie Stroma (Jogos Vorazes) e Robert Patrick (O Exterminador do Futuro 2).

Pacificador lança episódios semanalmente na HBO Max.

O Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.